19 plantas fáceis de cultivar a partir de mudas

Veja como criar plantas novas sem gastar nada!

Por Redação Atualizado em 20 Maio 2022, 22h38 - Publicado em 23 Maio 2022, 19h00
Flores cortadas em frascos.
Letícia Almeida/the spruce

Cultivar plantas a partir de mudas é uma excelente maneira de deixar seu jardim repleto de flores exuberantes, ervas e outras plantas sem gastar dinheiro. Comece com mudas de suas plantas ou as peça para amigos. As estacas de plantas são agrupadas em quatro categorias básicas: madeira macia, madeira verde, madeira semi-dura e madeira dura.

Continue lendo para descobrir quais as 19 melhores plantas para crescer a partir de estacas.

Mudas lenhosas macias

Flores vermelhas de alegria de jardim.
AtteaDayar/Pixabay/Reprodução

As estacas de madeira macia vêm de um crescimento novo e fresco, geralmente na primavera ou no início do verão. Plantas como cornisos enraízam bem a partir desses tipos de estacas.

  • Arbusto Borboleta: Esta planta enraíza-se especialmente bem a partir de estacas.
  • Crisântemo: Vêm em uma variedade de cores florais, incluindo ouro, branco, esbranquiçado, amarelo, bronze (ferrugem), vermelho, bordô, rosa, lavanda e roxo.
Arbusto de hortênsias floridas em azul, lilás e rosa.
Hans Braxmeier/Pixabay/Reprodução
  • Hortênsia: Florescem no que é chamado de “madeira velha”, ou galhos com pelo menos um ano de idade.
  • Rosa: Bonita e clássica para propagação a partir de estacas. Também pode se enquadrar na categoria de madeira dura (veja abaixo).
  • Alegria de jardim: Plantas anuais e perenes – pense em um mar de flores escarlates – também vêm em branco, salmão, rosa, roxo, lavanda, bordô e laranja.

Mudas de herbáceas

Arbustos em vasos.
cocoparisienne/Pixabay/Reprodução

As estacas herbáceas são de plantas que têm caules não lenhosos. Todas as plantas anuais, por exemplo, são herbáceas.

  • Buxo: Arbustos conhecidos por suas folhas verde-claras e crescimento compacto arredondado
  • Dália: Existem cerca de 30 espécies de dálias e mais de 20.000 cultivares.
  • Gardênia: Lindas flores brancas.

Mudas semi-lenhosas

Close em flor roxa de madressilva.
Bruno Germany/Pixabay/Reprodução

As estacas semi-lenhosas são mais duras e maduras. Geralmente são tiradas do meio do verão ao outono. Plantas como camélia e madressilva geralmente enraízam bem a partir de estacas assim.

  • Azaléa: Estas estão entre as plantas com flores mais populares.
  • Camélia: Esta planta é conhecida por suas flores grandes e brilhantes.
  • Madressilva: Este é um arbusto ornamental muito popular.

Mudas lenhosa

Flores de cravo.
Blog das Flores/Reprodução

As estacas lenhosas incluem arbustos de folha caduca, trepadeiras (como videiras), frutas (como groselhas) e árvores.

  • Trombeta: Estas são as flores brancas em forma de trombeta que crescem em videiras.

Outras plantas se enquadram em uma ou mais das quatro categorias que produzem bem a partir de cortes. Eles incluem plantas de cravo, também chamadas de “rosas”, que pertencem à família dos cravos, bem como gerânios, plantas de jade, lavanda e alecrim.

Dicas e sugestões

Flor roxa arbusto borboleta.
JackieLou DL/Pixabay/Reprodução
Continua após a publicidade

A planta que lhe dá as mudas é chamada de planta mãe. Plantas com caules não lenhosos são mais fáceis de propagar. A planta mãe deve ser grande o suficiente para que a remoção de um ou mais cortes não a prejudique ou mate.

Flores azuis de áster semelhantes a estrelas.
Áster: Essas flores semelhantes a estrelas também são conhecidas como “flores de geada” porque os floristas costumam usá-las em arranjos de outono e inverno. Kosti Jarusripan/Getty Images

Selecione caules verdes e não lenhosos para cortar as pontas. O crescimento mais recente é mais fácil de enraizar do que os caules lenhosos. Localize um caule que tenha um nó, o ponto onde uma folha está ou foi anexada.

Parece uma articulação no caule e é a área que vai gerar novas raízes. Use uma tesoura ou uma lâmina de barbear esterilizada em álcool para fazer um corte limpo, logo abaixo de um nó. O corte não precisa ser muito longo, um único nó com algumas folhas ficará bem.

Preparando Cortes

Alicate de jardinagem podando um galho de azaleia.
Reprodução/Gardeningetc

Depois de cortar um pedaço do caule, coloque-o em uma superfície plana e dura e faça um corte limpo no meio do nó. Os caules das plantas enviam suas novas raízes a partir dos nós. Fazer o corte nesta região aumenta sua chance de enraizar com sucesso.

Remova todas as folhas, exceto uma ou duas. A estaca precisa de algum crescimento das folhas para continuar a fotossíntese, uma vez que não pode absorver nenhum alimento das raízes que ainda não possui. Mas muitas folhas irão drenar a energia para criar novas raízes. Se as folhas forem muito grandes em proporção ao caule, corte-as ao meio.

Plantando estacas

Vasos com plantas
Huy Phan/Unsplash

Encha um vaso de plantas limpo ou recipiente com mistura de envasamento sem terra para segurar o corte. Uma mistura sem terra drena melhor do que o solo do jardim e atinge uma qualidade úmida, mas não encharcada.

Além disso, o solo do jardim contém esporos e outros patógenos que podem matar o corte antes que ele crie raízes. Você não precisa de um recipiente grande ou muita mistura de envasamento. Uma vez que as estacas criem raízes, transfira para outro vaso.

Vasos de barro com costela de adão
Brina Blum/Unsplash

Com um lápis ou objeto pontiagudo semelhante, faça furos na mistura de envasamento. Fazer furos garantirá que o hormônio de enraizamento permaneça no corte do caule da planta, não na superfície do solo.

Isso aumentará as chances de que as estacas enraízem. Esteja preparado para alguns morrerem antes de enraizar. Cuidadosamente, coloque as estacas nos buracos que você fez em sua mistura de envasamento e aperte suavemente o solo ao redor deles. Você pode colocar vários cortes em um recipiente, mas espalhe-os para que as folhas não se toquem.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade