Um guia de iniciantes para começar seu jardim interno

Veja todas as dicas para ter um jardim dentro de casa para que ele cresça bonito e saudável!

Por Redação Atualizado em 1 mar 2022, 17h03 - Publicado em 2 mar 2022, 19h00
Jardim interno em estante de madeira com prateleira em vários niveis
Adrienne Legault/the spruce

Se você não tem um quintal ou um espaço ao ar livre adequado, mas ainda assim quer cultivar uma seleção de vegetais, ervas ou outras plantas, a sua solução pode ser criar um jardim interno. O que você vai plantar varia de acordo com o que você gosta, sua experiência e as condições disponíveis.

Saiba como começar um jardim interno com esse guia:

 

O que é jardinagem interna?

 

Plantas sobre um balcão com luminárias suspensa em jardim interno
Vadim Kaipov/Unsplash

Jardinagem interna costuma ser considerada como o cultivo de uma seleção de plantas que você cultivaria em áreas externas da sua casa, mas sendo feita na parte de dentro. É um pouco mais elaborado do que apenas um ou duas plantinhas, e menos denso do que uma selva dentro de casa.

Se você tiver o espaço certo e configurar bem os seus espaços, pode ser menos demorado e mais bem-sucedido cultivar um jardim dentro de casa. É mais fácil regular a temperatura e gerenciar as condições para garantir que suas plantas possam prosperar. Você só precisa ter certeza de selecionar plantas adequadas ao local em que planeja cultivá-las.

Jardim interno próximo à janela
Sixteen Miles Out/Unsplash

Se você conseguir as condições certas, isso também significa que você pode ter acesso a coisas como vegetais ou ervas durante todo o ano, ao contrário de muitos jardins ao ar livre quando a temperatura determina a estação de crescimento.

Tipos comuns de jardinagem interna

 

Jardim interno planta crescendo perto da terra
Adrienne Legault/the spruce

Muitos entusiastas de plantas usam a jardinagem interna como uma oportunidade para serem criativos e nutrir uma grande variedade de diferentes coleções de plantas – seja uma selva tropical ou um jardim comestível. No entanto, alguns dos tipos comuns de jardins internos incluem:

Projetos hidropônicos

 

Jardim interno hidropônico com cebolas
Safer Brand/Reprodução

Perfeito se o solo ao ar livre não for viável, se você não tiver tempo para lidar com as ervas daninhas e pragas ou quiser economizar água. As plantações hidropônicas permitem que você produza ervas ou vegetais de alta qualidade durante todo o ano.

Jardins de ervas

 

Jardim interno com ervas
Markus Spiske/Unsplash

Se você tiver um local ensolarado em algum lugar da sua casa, será o local perfeito para nutrir uma coleção de ervas frescas, mesmo durante o inverno.

Plantação aérea

 

Tillandsias decorativas são plantas epífitas que não crescem no solo e obtêm seus nutrientes do ar e da umidade em seu entorno. Eles são adequados para serem cultivados em um jardim interno, e existem mais de 500 espécies para escolher.

Terrários

 

Terrário geométrico para jardim interno sendo montado
Neslihan Gunaydin/Unsplash

Se você deseja cultivar uma seleção de plantas que amam a umidade sem ocupar muito espaço, experimente um terrário de vidro. Você pode selecionar plantas que são de baixa manutenção e ainda visualmente atraentes. Veja como fazer seu terrário aqui!

Veja também

Paredes vivas

 

Jardim interno vertical
Maximumyeld/Reprodução

Se você tem um espaço limitado no piso ou nas prateleiras ou apenas deseja animar uma parede nua em sua casa, criar uma parede vertical de plantas vivas pode ser o caminho a percorrer. Apenas certifique-se de selecionar plantas com requisitos de cuidados semelhantes, pois você vai regar todas juntas.

Continua após a publicidade

Cuidados com plantas de jardim interno

 

Jardim interno com tomatinhos
Dan Gold/Unsplash

As condições que suas plantas exigirão variam dependendo do tipo de jardim interno que você deseja cultivar e das espécies individuais que você seleciona. Aqui estão algumas dicas gerais a serem consideradas quando se trata de seus cuidados.

Luz

 

Iluminação artifical para jardim interno
Altifarm Enverde/Unsplash

Onde você posiciona seu jardim interno dependerá dos requisitos de luz que as plantas têm. As plantas cultivadas em ambientes fechados nunca terão acesso à mesma luz solar direta que poderiam obter ao ar livre; mesmo a luz do sol entrando por uma janela é menos intensa do que ao ar livre.

Você pode precisar trabalhar as luzes para ajudar a criar as condições certas para as principais plantas que amam o sol em ambientes fechados ou se você não tiver luz natural em um apartamento. Por outro lado, se você tiver plantas que amam a sombra, mantê-las longe das janelas será importante.

Solo

 

Jardim interno terra pronta para plantação
Adrienne Legault/the spruce

Se você não estiver optando por uma configuração hidropônica ou coletando plantas aéreas, seu jardim interno geralmente será melhor cultivado em uma mistura de vasos solta e bem drenada .

A mistura pode ser adaptada dependendo do que você cultiva, mas geralmente é composta de turfa, vermiculita e perlita. Esta combinação absorve a umidade rapidamente e não se torna facilmente compactada. No entanto, secará rapidamente, por isso não funcionará para plantas que gostam de umidade, como samambaias. Veja um guia completo sobre os tipos de solo aqui!

Água

 

Vaso para jardim interno
Adrienne Legault/the spruce

Claro, cada planta cultivada dentro de casa terá requisitos diferentes em termos de rega. No entanto, um dos maiores problemas comuns para jardins internos é o excesso de água. Muitas plantas de interior morrem como resultado da podridão das raízes.

Sempre pesquise o que a espécie de planta que você está cultivando precisa. Também é uma boa ideia regar suas plantas com água destilada em temperatura ambiente. A água fria da torneira às vezes pode causar um choque térmico em suas plantas.

Fertilizante

 

Terra para jardim interno
Neslihan Gunaydin/Unsplash

Garantir que suas plantas de jardim interno recebam nutrientes suficientes é importante para o sucesso a longo prazo. Embora alguns solos para vasos tenham aprimoramentos de nutrientes, as plantas os usarão depois de alguns meses. Os fertilizantes de liberação lenta são populares, pois podem durar vários meses antes que outra aplicação seja necessária. Veja como fertilizar suas plantas aqui!

Temperatura e Umidade

 

Umidificador para jardim interno
Adrienne Legault/the spruce

Ser capaz de controlar a temperatura e a umidade em um ambiente interno é um dos principais benefícios da jardinagem interna. Os níveis de umidade ideais para muitas plantas de interior variam de cerca de 40 a 60 por cento de umidade.

Se você tem plantas que gostam de umidade que precisam de alta umidade ou seu espaço é particularmente seco durante os meses de inverno, você pode investir em um umidificador ou montar o jardim em seu banheiro. Você também pode usar estufas ou terrários internos.

Plantas para jardinagem interna

 

Terrário para jardim interno
Adrienne Legault/the spruce

Certas plantas são conhecidas por serem adequadas para serem cultivadas em ambientes fechados. Veja algumas, separadas por grupos:

  • Legumes: Alguns vegetais crescem particularmente bem dentro de casa. Estes incluem cenouras, pimentas, alface e tomate.
  • Ervas: Manjericão, cebolinha, hortelã, salsa e tomilho são apenas algumas ervas que ficam bem em uma posição ensolarada dentro de casa.
  • Plantas de baixa luminosidade: Se você deseja criar uma selva tropical de baixa manutenção em uma área sombreada em sua casa, opte por espécies de pouca luz, como Gravatinha, Espada-de-São-Jorge e certas samambaias.
  • Plantas que gostam de umidade: Se você quiser plantas para um terrário ou para crescer em um banheiro, considere coisas como begônias, samambaias e lírios da paz.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade