Faça uma rosa arco-íris para alegrar a casa!

Estamos acostumados a ver pétalas monocromáticas, mas uma mistura de várias cores é novidade

Por Redação Atualizado em 1 jun 2022, 16h28 - Publicado em 3 jun 2022, 19h00
Rosa arco-íris
Evgeniya Vlasova/the spruce

À primeira vista, essas rosas parecem falsas. Embora sejam reais e vivas, não são cruzamentos híbridos entre flores de cores diferentes, como a maioria dos novos tons de flores são criados. Elas simplesmente receberam corantes e o efeito arco-íris é apenas um resultado possível com este processo.

De onde veio essa ideia?

Cheiro de rosas
Reprodução/Giphy

Estas flores de cores vivas são o resultado de um trabalho muito inteligente de um produtor holandês chamado Peter Van de Werken. Procurando expandir a demanda do mercado por flores cortadas, ele e seus colegas começaram a experimentar o desenvolvimento de novas cores de rosas, crisântemos, cravos e algumas outras flores.

Eles começaram com mudas brancas e inicialmente tentaram simplesmente borrifar o corante nas pétalas, como fazem com poinsétias azuis, mas os resultados foram menos do que satisfatórios. Então Van de Werken teve a ideia de fazer com que as flores absorvessem a tinta através de seus sistemas vasculares.

Rosa arco-íris
Love The Garden/Reprodução

Fazer com que o corante percorra o caule da flor e as pétalas não é uma tarefa fácil. Para começar, a maioria dos corantes contém moléculas grandes demais para chegar às delicadas pétalas. A introdução de uma substância estranha em uma planta também tem o potencial de prejudicá-la. No entanto, depois de muitas tentativas e erros, corantes especiais feitos de extratos de plantas foram a resposta e apresentaram um resultado vivido o suficiente para valer a pena.

Inicialmente, as rosas eram tingidas de uma única cor incomum, imergindo o caule em um recipiente de corante. Criar o efeito arco-íris requer um processo ainda mais complicado.

Você pode cultivar rosas arco-íris?

Rosa branca
Reprodução/Giphy

Infelizmente, as rosas arco-íris precisam ser criadas, não cultivadas. Como mencionado, elas não são o resultado do cruzamento de duas mudas de cores diferentes e, mesmo que fossem, as plantas híbridas não conseguem ser cultivadas a partir de sementes até que sejam estabilizadas.

Sendo assim, para adquirir esse visual divertido, pinte as flores você mesmo! Você pode não obter as cores vivas que Van de Werken produziu porque sua equipe não está divulgando os detalhes do corante ou do procedimento, mas este método poderá te dar resultados incríveis:

Dica: tente colorir outras flores além das rosas para criar um lindo buquê de arco-íris. Crisântemo e cravos brancos também são ótimas opções para tes projeto.

O que você precisará

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce
  • Lâmina ou faca afiada
  • Recipientes de vidro estreitos ou tubos de ensaio
  • Sacos de plástico (opcional)
  • Elásticos (opcional)
  • Rosas brancas
  • Corantes para alimentos
  • Água

Instruções

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Comece com quantas rosas brancas você gostaria de usar. Escolha os ramos com botões estão começando a se abrir. Se os botões estiverem muito apertados, eles podem nunca abrir e, se as flores já estiverem desabrochadas, não terão tempo suficiente para absorver o corante antes de começarem a murchar.

Continua após a publicidade

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Faça um novo corte em cada haste. Se você tiver rosas de haste longa, deixe-as com cerca de 20 a 30 cm, para que o corante não precise viajar tão longe.

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Usando uma lâmina afiada ou faca, divida cada haste em seções verticais, uma seção para cada cor. Corte cerca de 7 cm acima de cada haste. Não faça mais de três a quatro seções em cada haste ou as flores ficarão frágeis demais para sobreviver.

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Prepare uma mistura com cada corante alimentar e água. Use uma boa quantidade de corante (10 a 12 gotas) para que o pigmento fique saturado o suficiente para realmente colorir as pétalas. Para obter o arco-íris completo, use corantes vermelho, azul e amarelo. Eles provavelmente vão se misturar um pouco em cada haste, criando o efeito arco-íris completo e tornando cada muda um pouco diferente.

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Cada corante vai para seu próprio recipiente estreito. Coloque seções de cada haste nos diferentes recipientes. Seja gentil ao dobrar as seções da haste ao colocá-las em recipientes separados. Tente não deixá-los expostos ao ar e secar por mais de alguns minutos.

Você também pode usar sacos plásticos cheios de corante e prendê-los em cada seção da haste com elásticos. Dessa forma, você pode colocar rosas em um único recipiente maior. Isso minimizará a flexão da haste cortada.

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Você precisará deixar cada seção do caule na mistura de corante por vários dias.

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Coloque-as longe da luz solar direta enquanto elas estão absorvendo o corante. As flores cortadas já estão sob estresse e o calor ou a luz extremos as enfraquecerão ainda mais.

Rosa arco-íris
Meg MacDonald/the spruce

Agora seja paciente. Você pode notar que as pétalas mudam de cor em algumas horas, mas deixá-las no corante por até uma semana resultará em um visual mais dramático. Certifique-se de que as mudas não são deixadas em recipientes secos uma vez que a solução de água/corante é totalmente absorvida. Uma vez obtido o efeito desejado, você pode cortar a seção dividida das hastes e colocar seus ramos em um vaso com água fresca em temperatura ambiente.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade