Conheça e cultive o manjericão roxo

Uma variedade super aromática do tão amado temperinho

Por Redação Atualizado em 26 abr 2022, 16h44 - Publicado em 28 abr 2022, 19h00
Dois ou três pés de manjericão roxo cujas folhas mais inferiores estão verdes.
Randi Rhoades/the spruce

Manjericão roxo (Ocimum basilicum) é uma cultura de manjericão aromático de muita beleza . Com folhagem perene e densa, é frequentemente cultivada como anual e tem folhas de um roxo profundo.

Embora esta variedade possa ter um crescimento um pouco mais lento que outras, suas folhas escuras, sabor intenso, doce e picante, e lindas flores rosadas, que aparecem do meio ao final do verão, fazem valer o esforço do cultivo.

Pé de manjericão roxo com pequenas flores, brotando de fino caules que emergem da folhagem larga e densa.
Dinkum/Wikimedia Commons

A folhagem tem um perfume muito mais forte do que as variedades mais comuns de manjericão verde, o que também aumenta seu apelo. Os botões, assim como as folhas, são comestíveis. Mas, se você não planeja colher este manjericão, ele fica lindo de se ver quando cultivado em recipientes ao ar livre ou em um local bem iluminado dentro de casa.

Vista superior de um pé de manjericão roxo.
Axdae/Wikimedia Commons

Nome botânico Ocimum basilicum

Nome popular Manjericão roxo

Tipo de planta anual

Tamanho maduro entre 0,5 e 1 metro de altura

Exposição solar Sol pleno

Tipo de solo Argiloso, arenoso, bem drenado

Tolera uma ampla faixa de pH do solo

Florescimento Fim do verão

Cor das flores Púrpura

Área nativa Tropical da África Central ao Sudeste Asiático

Como cultivar manjericão roxo

Flores de manjericão roxo ao sol.
Plenuska/Wikimedia Commons

Tal como acontece com outras variedades de manjericão, ele gosta de muita luz, calor e solo bem drenado, úmido e fértil.

Luz

Folhas de manjericão roxo em processo de esverdiamento.
Quinn Dombrowski/Wikimedia Commons

A menos que você viva em regiões particularmente quentes, seu manjericão roxo vai gostar de uma posição de sol pleno. Idealmente, eles vão querer pelo menos seis horas de sol pleno para prosperar.

Solo

Em uma área externa, uma pessoa deposita terra em um vaso de barro com uma pá para jardinagem
Markus Spiske/Pexels

Não muito exigente com o tipo de solo, esta variedade de manjericão só precisa de um que seja bem drenado e não excessivamente seco.

Continua após a publicidade

A cobertura morta pode ajudar os solos secos a reterem melhor a umidade, principalmente em regiões quentes, e a adição de um pouco de matéria orgânica é bem vinda se o manjericão for plantado em um substrato mais pobre em nutrientes.

Água

Mão segura um pequeno borrifador de vidro para umedecer plantas em pequenos vasos de barro.
Cottonbro/Pexels

Durante os meses mais quentes do verão, certifique-se de que o solo esteja úmido. É melhor fazer isso de manhã para evitar muita umidade durante a noite.

Temperatura e Umidade

Pequena muda de manjericão roxo suspensa por duas mãos em um torrão de terra.
Randi Rhoades/the spruce

A chave para o sucesso é planta-lo em um local protegido. Sem isso, dificilmente prosperará.

Embora esta espécie possa lidar com condições quentes, úmidas ou secas, prefere regiões mais frias e temperadas. Muito calor fará com que as folhas fiquem mais verdes do que roxas, e isso pode afetar a intensidade do sabor.

Esta espécie também é muito sensível à geada, então é melhor alojá-la em ambientes fechados se as temperaturas caírem consideravelmente durante a noite.

Fertilizante

Dois ou três pés de manjericão roxo cujas folhas mais inferiores estão verdes.
Randi Rhoades/the spruce

Aplicar fertilizante regularmente pode ajudar a garantir um crescimento saudável. No entanto, você precisa obter o equilíbrio certo. A fertilização excessiva pode afetar a intensidade do sabor e você não terá um manjericão tão aromático. Isso ocorre porque a quantidade de óleo que a planta produz será reduzida.

Certifique-se de que o fertilizante não seja muito forte e que você o utilize na dose certa.

Poda

Flores de manjericão roxo, aflorando de um fino caule que emerge de uma folhagem verde.
Randi Rhoades/the spruce

Se você quiser maximizar o crescimento e o sabor da folhagem do manjericão, deve arrancar as cabeças das flores quando elas começarem a aparecer. Deixar as flores fará com que as folhas fiquem com um sabor amargo e não cresçam tão prolificamente.

Mesmo se você não planeja colher as folhas, recomenda-se cortar as flores depois que elas florescerem.

Colheita

Manjericão roxo plantado.
Randi Rhoades/the spruce

É melhor colher quando houver pelo menos vários conjuntos de folhas que podem ser deixados para crescer. Isso permite um crescimento mais saudável e um melhor rendimento de colheita.

Sempre selecione as folhas de cima para baixo e continue a beliscar a cada mês até seis semanas, mesmo se você não estiver colhendo. Isso incentivará o crescimento espesso em vez de esguio e fraco.

Cultivo em vasos

Pequeno pé de manjericão roxo plantado em uma vazinho de barro.
Cottonbro/Pexels

Seu manjericão roxo crescerá bem em recipientes mantidos em um local quente e ensolarado. Certifique-se de que o vaso que você usa permita uma boa drenagem – essas plantas não gostam de ficar muito molhadas.

Se você tiver várias plantas em um vaso, garanta que elas estejam espaçadas o suficiente. Plantas que ficam muito juntas podem aumentar a chance de desenvolver fungos.

Cultivo a partir de sementes

Pequeno brotos de manjericão plantados.
Randi Rhoades/the spruce

PO manjericão roxo precisa de condições quentes para a germinação bem-sucedida das sementes. Você deve iniciá-los em ambientes fechados ou esperar até que as temperaturas externas estejam acima de 18°C a 22°C.

A germinação geralmente leva de duas a três semanas. O solo deve ser mantido consistentemente úmido durante esse período e, à medida que as mudas amadurecem, elas podem ser movidas para uma posição mais ensolarada.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade