Como plantar rosas em vasos

Exuberantes e perfumadas, as rosas podem ser justamente a flor que você estava procurando para o seu ambiente

Por Redação Atualizado em 18 jul 2022, 21h49 - Publicado em 20 jul 2022, 19h00
Rosas em vaso
Zummolo/iStock/Getty Images/Gardeningetc

Se você deseja adicionar cor e fragrância de verão a um pátio, deck ou jardim, as dicas sobre como plantar rosas em vasos podem lhe ser bastante úteis.

Lindas, estas flores são as favoritas de muitos jardineiros e você não precisa ter hectares de espaço para cultivá-las. Com as variedades certas e alguns belos vasos, é possível preencher até o menor dos jardins com seu charme romântico e aroma delicioso.

O cuidado com as rosas também é mais simples do que você imagina, uma vez que você tenha um certo know-how. Mas com o cultivo em vasos, há algumas dicas a serem adotadas para obter os melhores resultados – confira tudo abaixo:

Como plantar rosas em vasos em 6 passos simples

Rosas em vasos
NorthScape/Alamy Stock Photo/Gardeningetc

O especialista em jardinagem da Amateur Gardening, John Negus, compartilhou as suas dicas passo a passo sobre como plantar rosas em vasos ao Gardening Etc.:

  1. Escolha um vaso de tamanho decente que possa acomodar confortavelmente todas as raízes da sua planta. Coloque-o em sua posição final, pois pode ser muito pesado para mover uma vez plantado – idealmente em algum lugar que receba sol por pelo menos metade do dia. Cubra o orifício de drenagem com 8 cm de pedras ou pedregulhos e coloque a rosa, em seu vaso, no centro.
  2. Misture um composto rico em nutrientes com fungos micorrízicos. Você também pode adicionar 10 a 20% de estrume multiuso ou bem apodrecido para uma maior riqueza. Firme-o suavemente entre os dois vasos. Remova cuidadosamente a rosa em vaso e tire-a de seu recipiente. Coloque a bola de raiz no buraco que você fez no vaso maior e adicione um pouco mais de composto.
  3. Plante-a na mesma profundidade em que estava crescendo anteriormente. Certifique-se de que a superfície do composto esteja cerca de 5 cm abaixo da borda do vaso, para regar.
  4. Coloque o vaso em “pés” para garantir que o excesso de umidade seja drenado livremente. Após o plantio, regue abundantemente para que as raízes fiquem em contato próximo com o composto.
  5. A poda de rosas normalmente deve ser feita no final do inverno até o início da primavera. Encurte as hastes principais pela metade e os brotos laterais para dois botões. Remova os caules amontoados do meio.
  6. Os vasos secam mais rapidamente do que os canteiros de flores, por isso precisam de rega mais frequente. Regue suas rosas livremente em períodos de seca e fertilize as plantas com um fertilizante líquido com alto teor de potássio semanalmente do final da primavera ao início do outono.

Qual é a melhor época para plantar rosas em vasos?

Rosas em vasos
Jason Smalley Photography/Alamy Stock Photo/Gardeningetc

Se você comprou sua rosa em um vaso, ela geralmente pode ser plantada em qualquer época do ano. Evite fazê-lo durante períodos de seca ou geada, no entanto. Plantar rosas de raiz nua é melhor feito do final do outono até o meio da primavera.

Quais são os melhores tipos de rosas para vasos?

Rosas em vaso
Beth Murton/Future/Gardeningetc
Continua após a publicidade

Nem todos os tipos de rosas prosperam em vasos, pois precisam de uma raiz profunda.

“Você pode tentar variedades de chá híbridas, mas eu suspeito que elas não crescem muito bem”, diz John. “As melhores rosas para recipientes são as do tipo pátio e miniatura, que podem ser cultivadas em vasos pequenos, mas profundos – de 23 a 35 cm de profundidade.

Você também pode experimentar rosas menos vigorosas e trepadeiras, mas use recipientes maiores com uma profundidade mínima de 30 a 46 cm”.

Como preparar as rosas em vasos para o inverno?

Rosas em vaso
Beth Murton/Future/Gardeningetc

As rosas ficam adormecidas no inverno e geralmente não são afetadas por geadas – mas, se a sua ainda estiver florescendo, elas apreciarão um pouco de proteção.

John sugere envolver duas camadas de plástico bolha ao redor dos potes e cobrir o composto com uma camada de 10 cm de casca de compostagem para estimular um forte crescimento no ano seguinte. Na primavera, remova os 10 a 12 cm superiores do composto e substitua-o por um composto rico em nutrientes.

Se as suas rosas ainda estão florescendo ou não quando as temperaturas caem, é uma boa ideia colocar os vasos em algum lugar ensolarado e protegido – ao longo de um muro de jardim, por exemplo. Certifique-se de que cada um esteja nos “pés” do vaso para que o excesso de umidade seja drenado.

Se você puder encontrar apenas um local exposto para suas rosas em vaso, e elas terminaram de florescer, você pode cortá-las em um terço do tamanho no outono. Isso pode ajudar a evitar a “rocha do vento”, que é quando o vento solta as rosas em sua base do solo.

*Via Gardening Etc.

Continua após a publicidade

Publicidade