Como plantar e cuidar de onze-horas

Ninguém resiste aos encantos dessa nativa da nossa flora. Aprenda a cultivá-la!

Por Redação Atualizado em 19 abr 2022, 20h37 - Publicado em 20 abr 2022, 19h00
Onze-horas com folhagem verde e flores lilases, amarelas e alaranjadas.
Adrienne Legault/the spruce

As onze-horas (Portulaca grandiflora) são populares plantas que florescem anualmente na primavera. Se você as vir em alguma liquidação no verão, poderá notar que elas geralmente estão tão lindas quanto na primavera, o que é uma prova de sua resistência. As folhas verdes médias, cilíndricas e suculentas são outro indicativo da força delas – ou seja, têm grande tolerância a condições de seca.

Nativas da América do Sul, essas plantas crescem entre 8 e 23 cm de altura e se espalham para criar um tapete denso, fazendo delas uma boa opção para cobertura de solo. As flores vêm em várias cores vivas e muitas vezes têm pétalas eriçadas, muito semelhantes a rosas em miniatura.

Flor de onze-horas lilás.
Marcos Morandi/Pixabay/Reprodução

As flores crescem em cachos em caules avermelhados e normalmente não abrem em dias nublados ou à noite. A onze-horas é fácil e rápida de crescer e é melhor ser plantada na primavera, passado o perigo de sofrerem com muito frio. Os jardineiros devem considerar cuidadosamente onde as plantam, pois todas as partes dela são tóxicas para cães e gatos.

Onze-horas com folhagem verde e flores lilases, amarelas e alaranjadas.
Adrienne Legault/the spruce
  • Nome Científico: Portulaca grandiflora
  • Família: Portulacaceae
  • Tipo de planta: Suculenta de floração anual
  • Tamanho madura: 8 a 23 cm de altura, 15 a 30 cm de largura
  • Exposição solar: Sol pleno
  • Tipo de solo: Arenoso, bem drenado
  • pH do solo: Neutro a ácido
  • Tempo de floração: Início do verão
  • Cor das flores: Branco, laranja, amarelo, vermelho, rosa
  • Área nativa: América do Sul
  • Toxicidade: Tóxica para cães e gatos

Cuidados com onze-horas

Close de flor de onze-horas com miolo rosa protuberante em forma de buquê, sustentado por pétalas largas amarelas.
Debi Matlack/Flickr

As onze-horas são uma escolha popular para o cultivo em vasos, ao longo das bordas de canteiros, calçadas e em jardins de pedra. Além disso, o caimento delas funciona bem em cestas suspensas. E mais, normalmente ela não se espalha fora de seus limites como cobertura do solo, por isso é ideal para pequenos jardins.

Essas plantas florescem em solos pobres e secos, onde muitas outras plantas podem ter dificuldade – na verdade, o solo muito úmido pode matá-las. As onze-horas em geral florescem do verão até a primeira geada do outono. Anuais, as plantas morrem no final da estação de crescimento, mas produzem sementes que podem germinar e brotar no ano seguinte.

Onze-horas com folhagem verde e flores lilases, amarelas e alaranjadas.
Adrienne Legault/the spruce

As onze-horas não são afetadas por nenhum problema notável de pragas ou doenças, embora os pulgões possam ocasionalmente incomoda-las, especialmente na primavera. Com pulgões, você pode notar uma substância pegajosa nas folhas, bem como amarelamento e murchamento da folhagem. Pulverize as plantas afetadas com sabão inseticida para tratar o problema.

Luz

As plantas de onze-horas precisam de seis a oito horas de luz solar plena na maioria dos dias. Se você tentar cultivá-las em uma área com sombra, elas não produzirão flores e, se produzirem, provavelmente não abrirão.

Onze-horas com folhagem verde e flores lilases, amarelas e alaranjadas.
Adrienne Legault/the spruce

Solo

Essas plantas prosperam em solo arenoso e rochoso e exigem boa drenagem. Se o canteiro do seu jardim tiver solo argiloso, cultive-as em recipientes em vez de tentar melhorar a drenagem do solo. Terrenos que retém muita água podem facilmente causar a morte da planta.

Água

As onze-horas têm baixas necessidades de umidade, embora não sejam tão tolerantes à seca quanto os cactos. As plantas tolerarão períodos de secura, mas a floração geralmente é melhor com alguma umidade do solo (bem drenado). Planeje regar a planta se você tiver um longo período sem chuva – como regra geral, uma boa rega por semana durante o clima quente do verão deve ser suficiente.

Onze-horas com folhagem verde e flores lilases, amarelas e alaranjadas.
Adrienne Legault/the spruce

Temperatura e Umidade

Natural do Brasil, Uruguai e Argentina, as onze-horas gostam de alto calor e baixa umidade. Ele tolerará o clima frio e úmido da primavera, desde que esteja livre de geadas. No entanto, o melhor crescimento (e floração) não ocorrerá até que o calor do verão chegue. Elas não são resistentes a geada e morrerão no inverno se congelarem.

Fertilizante

As onze-horas podem tolerar solos pobres em matéria orgânica, então elas normalmente não precisam de fertilizantes. No entanto, alimentar a planta com um fertilizante equilibrado e de liberação lenta no momento do plantio pode ajudar a promover um crescimento saudável e uma floração abundante. Você também pode fertilizar duas vezes durante a estação de crescimento da planta, desta vez usando uma mistura rica em fósforo para mais flores.

Close de flor de onze-horas com pétalas alaranjadas e miolo amarelo
Adrienne Legault/the spruce
Continua após a publicidade

Poda

No máximo, as onze-horas precisam de poda leve, e somente se você mora em uma região onde elas sobrevivem o ano todo. A melhor época para fazer isso é no início da primavera, antes que um novo crescimento comece. Remova qualquer broto que pareça morto ou doente – você também pode desbastar uma planta densa para melhorar a circulação de ar, o que pode reduzir o risco de doenças fúngicas. Cortar flores mortas não é necessário.

Propagação

Flores de onze-horas com pétalas brancas com listras avermelhadas no meio partindo do miolo. Miolo este na cor amarela.
Hemjaa/Getty Images

Como a maioria das plantas suculentas, as onze-horas podem ser facilmente propagadas por meio de estacas. De fato, as estacas enraízam-se prontamente e a maioria dos jardineiros encontra grande sucesso com este método de propagação. Veja como:

  1. Usando tesouras afiadas e limpas, faça um corte de uma planta “mãe” madura e estabelecida que tenha florescido por pelo menos uma temporada. O corte deve ter pelo menos 10 cm de comprimento e incluir pelo menos um nó.
  2. Remova todas as folhas e flores do corte.
  3. Coloque-o em uma pequena tigela de água enquanto prepara o restante de seus materiais.
  4. Em um recipiente pequeno, faça uma mistura úmida, mas bem drenada, de areia, terra e musgo de turfa.
  5. Enterre o caule com o lado cortado para baixo a pelo menos 8 cm de profundidade no solo.
  6. Cubra o recipiente com um saco plástico ou algum outro meio de retenção de umidade.
  7. Mova o corte para um local que receba luz filtrada e mantenha uma temperatura entre 18°C e 24°C. Regue ocasionalmente, apenas para deixar o solo úmido. As estacas devem enraizar dentro de cerca de duas semanas, quando poderão ser cuidadas como típicas onze-horas.
Aglomerado de flores de onze-horas em cor de rosa claro.
ive5rova/Pixabay/Reprodução

Cultivo a partir de sementes

Se você estiver cultivando a partir de sementes, pode iniciar dentro de casa seis a oito semanas antes do fim do inverno. Adicione as sementes ao solo úmido e as cubra levemente – elas precisam de luz para germinar.

Mantenha uma leve umidade do solo até que as mudas emerjam (a germinação deve levar cerca de duas semanas), então regue as plantas somente quando a parte superior do solo estiver seca. Mantenha as mudas perto de uma janela clara se você as estiver cultivando dentro de casa.

Flores de onze-horas lilases.
Mokkie/Wikimedia Commons

Como florescer

Se você está lutando para fazer suas onze-horas florescerem (ou elas não estão produzindo flores suficientes para o seu gosto), o problema quase sempre está no nível de umidade do solo. Elas realmente não gostam de solo úmido ou encharcado, e ser plantadas em um meio que retém muita umidade fará com que elas parem de florescer.

Tente diminuir a cadência de rega – você também pode replantar suas rosas de musgo em um recipiente, que naturalmente drena mais rápido do que o solo. Além disso, vasos de barro ou terracota podem ajudar a remover o excesso de umidade do solo.

Par de flores de onze-horas. À esquerda uma amarela e à direita uma cor de rosa.

Outro fator extremamente importante quando se trata de ter sua onze-horas é garantir que ela receba a quantidade adequada de luz solar. Elas gostam de muita luz e condições quentes, e até uma ou duas horas de sombra podem fazer a diferença entre flores abundantes e quase nenhum botão. Certifique-se de que recebam pelo menos seis a oito horas de luz solar direta diariamente. Se estiver crescendo em um jardim com outras plantas, você pode até precisar aparar os espécimes próximos para que eles não bloqueiem a luz.

Perguntas Frequentes

Onze-horas são fáceis de cuidar?

Geralmente sim. Contanto que você as plante em um local que lhes dê luz solar suficiente e cultive as condições adequadas do solo, cuidar da planta não é problema.

Quão rápido elas crescem? Crescem rapidamente e muitas vezes formam um tapete na primeira temporada.

Você pode cultivá-las dentro de casa?

Você pode começar a plantar onze-horas dentro de casa, mas elas devem ser transplantadas para fora assim que o tempo permitir. Elas não se sustentam bem em ambientes fechados a longo prazo.

*Via The Spruce

 

Continua após a publicidade

Publicidade