Casa Created with Sketch.

Mãe de planta: saiba como escolher a primeira planta

Com muitas opções no mercado, encontrar a que mais se encaixa com você pode ser difícil. Mas não se preocupe, vamos te ajudar nesta decisão

 (Reprodução/Pinterest)

Nem sempre a planta que você acha bonita vai se adaptar à sua casa e rotina. Se você já fez testes com algumas espécies e não teve sucesso, saiba que isso não significa que você não pode ter uma, mas que apenas precisa achar a que melhor corresponde à sua vida. 

Listamos, abaixo, algumas considerações para te ajudar a selecionar o melhor plantinha, que não só irá sobreviver, como prosperar.

 (Daria Shevtsova/Pexels)

Qual o nível de cuidado que você pode se comprometer?

Igual as pessoas, as mudas possuem temperamentos diferentes. Algumas são fáceis de tomar conta e são adaptáveis, não se importando com a falta de água de vez em quando ou a falta de luz.  Já outras gostam que seu solo tenha a quantidade certa de umidade e ainda podem precisar de borrifadas com frequência. Todas são lindas e possuem benefícios para a saúde.

 (cottonbro/Pexels)

Antes de escolher uma planta para a sua casa, pense no seu nível de experiência e na quantidade de tempo que você consegue realmente dedicar à ela. Sua vida é agitada? Você está sempre indo e voltando de algum lugar? Você trabalha muitas horas ou viaja com regularidade? Uma fácil e de baixa manutenção pode ser melhor para este caso.

Veja também

 (Kate Amos/Pexels)

Que tipo de luz você pode oferecer?

Lembre-se que os vasos precisam de luz. Algumas espécies necessitam de mais e outras quase não demandam iluminação natural. Uma boa regra prática é sempre posicionar os ramos em locais com janelas voltadas para o Leste ou Oeste, pois possuem potencial para a maioria. Isso fornece Sol indireto suficiente para uma boa parte do dia e luz ambiente para o resto do tempo.

 (cottonbro/Pexels)

A luz mais forte e melhor para suculentas, os outros tipos podem se queimar ao colocados onde o Sol incide diretamente sobre suas folhas. No entanto, existem mudas que se adaptam a todos os diferentes níveis e até prosperam em pontos escuros, com apenas a luz ambiente ou fluorescente disponível. 

O que é importante para você?

Por que você quer uma nova planta para o interior? É puramente estético? Você quer que elas purifiquem o ar? Ou quer que seus seus filhos cresçam com algo verde porque você mora na cidade? Ela precisa ser atóxica para seu gato ou cachorro? Tem que ser fácil de cuidar? Precisa ser única?

Estas perguntas o ajudarão a restringir as escolhas para chegar na melhor opção para você e sua casa.

 (Dominika Roseclay/Pexels)

*Via Bloomscape

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.