Como começar um jardim no seu apartamento

Aprenda a cultivar ervas, frutas e legumes em um espaço pequeno 

Por Redação Atualizado em 22 fev 2022, 22h48 - Publicado em 24 fev 2022, 19h00
Vasos de cerâmica e potes de vidro com mudas
Sandhya Moraes/the spruce

Mesmo se você mora em uma casa ou apartamento pequeno, você consegue cultivar plantas. Além das espécies de casa típicas, certas ervas, frutas e vegetais podem prosperar em um apartamento. Comece com apenas alguns vasinhos e vá aos poucos aprimorando suas habilidades de jardinagem. Veja como começar um jardim com o pé direito:

Como cultivar plantas em apartamentos

 

Jardim vertical com pallets. Suculentas e samambaias suspensas

Apesar de algumas mudas serem mais resistentes e tolerantes, perfeitas para os jardineiros iniciantes, todas têm requisitos de crescimento específicos que devem ser atendidos. Aqui, estão alguns elementos a serem considerados ao escolher a espécie que será plantada:

Luz solar

 

Vasos sendo regados com jarra de cerâmica

A maioria das espécies de frutos e flores precisa de um dia inteiro de sol. Isso significa seis a oito horas de sol direto diariamente, o que pode ser difícil de encontrar em um apartamento – especialmente em uma cidade onde prédios altos podem bloquear a claridade natural por pelo menos parte do dia.

Varandas e telhados oferecem a melhor chance de sol pleno. Se você estiver plantando em um parapeito de uma janela, escolha as plantas que requerem menos luz solar, como certas verduras e ervas, ou você pode adicionar uma luz de cultivo para imitar os raios do sol.

Solo

 

Pote transparente com terra dentro e pá;

Os ramos dependem do solo para obter água, oxigênio e nutrientes. Como o jardim do seu apartamento provavelmente envolverá recipientes, você não pode usar solo de jardim comum porque ele compactará em vasos, limitando o acesso ao oxigênio e impedindo que a água flua.

Assim, é necessária uma mistura de substrato bem drenado, leve, fofa e que circule eficientemente oxigênio e água para manter as raízes saudáveis. Por ser um pouco estéril, você não terá que se preocupar em trazer doenças ou pragas para o seu espaço. Veja tudo sobre tipos de solo aqui!

Água

 

Pessoa borrifando água em muda suspensa

Escolha um local para o seu jardim que tenha fácil acesso a um abastecimento de água e sempre pesquise sobre a espécie que você vai plantar. Um erro comum de jardineiros de primeira viagem é exceder o amor e acabar regando as plantinhas demais.

Umidade

 

Canto com quatro vasos brancos no chão e estante com vasinho em prateleira

Se você estiver cultivando suas espécies em um parapeito de janela interno, talvez seja necessário fornecer um pouco de umidade extra, especialmente quando o calor estiver forte. Borrifar as plantas com um pouco de água pode ajudar, ou você pode colocá-las em uma bandeja com água.

Vento

 

Varanda com plantas e sofá ao fundo

Se suas mudas forem expostas a ventos fortes, especialmente em telhados ou varandas, elas podem precisar de proteção adicional. O vento pode rasgar as folhas e derrubar os reservatórios mais pesados. Portanto, forneça um bloqueio de vento, como uma tela ou grade, certifique-se de que seus vasos sejam largos e pesados ​​o suficiente para ancorar as plantas ou, se estiver animado, construa sua própria estufa DIY!

Peso

 

Parede de cozinha com horta suspensa

Recipientes cheios de terra são pesados ​​para começar e, uma vez saturados com água, seu peso pode triplicar. Certifique-se de que a localização do jardim do seu apartamento possa suportar isso. 

Veja também

Melhores opções de plantas para apartamentos

 

Muitas plantas em sala de estar estilo boho
Projeto de Fernanda Matoso Luiza Schreier/Casa.com.br

Você pode plantar praticamente qualquer espécie em um recipiente até certo ponto. Por exemplo, uma macieira em tamanho real pode estar fora de questão, mas existem árvores que podem caber em um canto da sua varanda.

Continua após a publicidade

Pense no que você gosta de comer e escolha alguns tipos de ramos para experimentar. Você pode começar com sementes, que oferecem mais variedade e são mais baratas. 

Ervas

 

Xícaras e tigelas azuis utilizadas como vasos para temperos

Embora muitas ervas cresçam bem em vasos, elas não ficarão tão grandes e espessas – diferente se foram cultivadas ao ar livre no solo. Além de você pode ter que substituir suas plantas se colher com frequência. Mas é maravilhoso ter ervas frescas por perto para cozinhar! Algumas das melhores opções para jardinagem de apartamentos incluem hortelã, cebolinha, salsa, lavanda, manjericão e tomilho.

Saladas verdes

 

Vasos com manjericão e alecrim fotografados de cima

Os favoritos das saladas – como alface, espinafre e rúcula – são plantas de crescimento rápido e raízes rasas. Eles não são muito exigentes com suas condições de crescimento, se receberem muita água.

Tomates

 

Tomates plantados em vaso enfileirados
Happy Sprout/Reprodução

As mudas de tomate podem ficar grandes e pesadas, mas crescem bem em vasos. Elas vão gostar de um reservatório com pelo menos 35,5 cm de diâmetro, mas ainda maior é melhor. Certifique-se de escolher um tipo anão ou determinado de tomate.

Pimenta

 

Pimenta biquinho
Luis Gomes/Minha Casa

Se você gosta de calor, as pimentas crescem muito bem em recipientes e conseguem dar frutos o ano todo. Veja aqui como cultivar pimenta biquinho, uma queridinha dos brasileiros!

Limões Meyer

Algumas das frutas mais fáceis de cultivar em um vaso são as árvores cítricas anãs. Os limões Meyer ficam bem dentro de casa, se receberem de seis a oito horas de sol por dia, juntamente com alguma umidade. Coloque algo debaixo do vaso para proteger o chão e os móveis, pois os limoeiros dão uma seiva pegajosa.

Morangos

 

Vaso de cerâmica com morangos pendurados
Shell's Feed & Garden Supply/Reprodução

Um jardim com morangos é tão bonito quanto delicioso. As plantas de morango geralmente precisam de pelo menos seis horas de sol por dia e solo consistentemente úmido (mas não encharcado) para produzir seus melhores frutos.

Cuidados

Existem certas tarefas que você pode esperar realizar regularmente, incluindo:

Rega

De longe, a tarefa mais importante é a rega. Mesmo que seu jardim esteja exposto à chuva, provavelmente não haverá água suficiente. O solo em recipientes seca rapidamente, especialmente à medida que sua planta cresce. Teste o solo enfiando o dedo 2,5 ou 5 cm abaixo da superfície. Se estiver seco, precisa de água. Veja dicas para regar corretamente sua planta aqui!

Pessoa replantando uma planta; muda com terra envolta
Teona Swift/Pexels

Alimentação

 

Você precisará alimentar seus ramos regularmente, de acordo com suas necessidades individuais de crescimento. Um fertilizante solúvel em água, que pode ser adicionado quando você regar, é geralmente o método mais fácil. Ademais, observe se o substrato selecionado já contém fertilizante, pois isso normalmente atrasará a necessidade de você alimentar suas plantas.

Problemas

 

Vasos com pequenas árvores dentro de ambiente

Pragas e doenças têm uma maneira de encontrar plantas, não importa onde você as cultive, e não há predadores naturais para insetos dentro de casa. Inspecione suas mudas em busca de problemas sempre que as regar ou colher. Se você detectar sinais de pragas ou doenças, como descoloração ou buracos nas folhas, afaste a espécie das outras até que o problema seja resolvido.

Canto com sofá de pallets cercado de vasos, janela circular ao lado
Teona Swift/Pexels

Colheita

 

Aprenda quando suas mudas estão no auge para a colheita e não demore a retirar os frutos. Em alguns casos, a colheita realmente promove a planta a produzir ainda mais alimentos para você.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade