Casa Created with Sketch.

30 flores alaranjadas para esquentar seu coração

Todo mundo merece um toque de alegria no seu cantinho 

 (Evgeniya Vlasova/the spruce)

As flores alaranjadas são perfeitas para quem procura algo não tão brilhante, como as amarelas, e não tão chamativas, como as vermelhas. Elas contêm a quantidade ideal de alegria para a paisagem, sozinhas ou em combinações – juntar com tipos azuis oferece um resultado impressionante!

Conheça 30 diferentes espécies laranjas para você acrescentar à sua decoração ou jardim! Afinal, quem não gosta de um brilho colorido no meio de tanto verde?

1. Camará

 

 (Gyscha Rendy/the spruce)

O grupo de pequenas flores contém folhas verde-escuras, ovais e com textura enrugada. Elas possuem fragrância e são muito atraentes para as borboletas! Se elas são bonitas sozinhas, imagina o cenário com esses insetos magníficos. Fique atento com a demanda de pleno sol e de solo de umidade média e bem drenado.

2. Lírio laranja

 

 (Gyscha Rendy/the spruce)

Essa é uma espécie de lírio vibrante e vistosa, com detalhes em vermelho e manchas marrons. Evolui no início do verão e gera, em média, seis ramos. Assim que as plantas se desenvolverem, corte os ramos amarelos. O lírio também pede de sol total a sombra parcial.

3. Calceolaria

 

 (Juergen Ritterbach/Getty Images)

O tipo tropical cresce sazonalmente em seu clima nativo, mas também pode ser cultivado como anual. Ela se estende por até 5 centímetros de diâmetro e apresenta uma pétala inferior maior.

4. Amor-perfeito

 

 (Kouichi Tsunoda/Getty Images)

Amores-perfeitos são populares para o jardim, contam com uma ampla gama de cores e prosperam do meio da primavera ao início do verão. Com cerca de 10 a 12 cm de diâmetro, dispões de uma aparência bastante plana.

5. Abutilon x hybridum

 

 (Jacky Parker Photography/Getty Images)

Esse grupo possui uma forma de sino que pode vir em várias tonalidades. Essas plantas subtropicais, em seu clima nativo, se desenvolvem sazonalmente e são perenes. Precisam de solo rico, com umidade média e bem drenado.

6. Tulipa

 

 (Evgeniya Vlasova/the spruce)

Plante seus bulbos de tulipa com cerca de 10 a 15 cm de profundidade no outono e elas aparecerão na primavera com suas belas mudas. Cuidado com as mudas amarelas, sempre as remova, e não se esqueça de que adoram a pleno sol.

7. Erva daninha borboleta

 

 (Evgeniya Vlasova/the spruce)

A espécie cresce em pequenos grupos que chegam de 30 a 90 centímetros de altura. No verão, ela apresenta cachos laranjas brilhantes em hastes peludas que são altamente atraentes para as borboletas. Se quiser limitar a propagação, retire imediatamente as sementes produzidas.

8. Physalis alkekengi

 

 (Joshua McCullough/Getty Images)

Essa é uma planta perene que evolui em grupos que atingem cerca de 30 a 60 centímetros de altura e se proliferam. A característica encantadora da planta é a casca vermelho-alaranjado  – semelhante à lanternas penduradas – que guarda seu fruto.

Em condições ideais ela se espalha facilmente, ou seja, considere plantá-la em uma área contida se você quiser limitar sua disseminação.

9. Papoula oriental

 

 (Malgorzata Beldowska/Getty Images)

A papoula introduz cores vivas à paisagem no verão com flores de textura de papel crepom. A planta progride em pequenos grupos com folhagem verde-acinzentada e que se degrada logo após a floração.

10. Margarida

 

 (BasieB/Getty Images)

Cultivadas a partir de sementes, elas são similares ao crisântemo. A remoção de partes gastas consegue promover um desenvolvimento adicional.

11. Crocosmia ‘Lúcifer’

 

 (Nikki Hudson Photography/Getty Images)

Sua folhagem se assemelha a íris e suas flores a frésia. A espécie alcança cerca de 60cm a 1,2m. No inverno, proteja os ramos com uma camada de cobertura morta.

12. Canna

 

 (Gyscha Rendy/the spruce)

Os lindos ramos se parecem com lírios e conseguem chegar a 1,5m de altura. Coloque-os em pleno sol e terra rica, úmida e bem drenada.

13. Zínia elegante

 

 (Garden Photo World/Georgianna Lane/Getty Images)

As zínias são brilhantes e muito amadas. O tipo tem uma variedade de tonalidades, incluindo vários tons de laranja. Utilize as sementes para garantir um suprimento contínuo no verão, colocando um pouco na planta a cada semana. Além disso, remova os elementos gastos para promover uma floração adicional.

14. Campsis radicans

 

A trepadeira fica deslumbrante quando recebe uma estrutura de suporte – como um caramanchão, treliça ou cerca. Dispõe de um formato de trompete, de laranja a vermelho. Os beija-flores tendem a gostar muito delas! Se precisar conter o seu crescimento, corte-a conforme necessário.

Veja também

15. Beijo-pintado

 

 (Cappi Thompson/Getty Images)

A espécie é fácil de cultivar e produz mudas grandes e planas de cinco pétalas. Possui diversas tonalidades e pode ser hibernada em ambientes fechados com uma janela ensolarada, já que aceita sombra parcial.

16. Flor-de-chagas

 

 (Anne Green-Armytage/Getty Images)

Essas anuais não toleram climas muito quentes e apreciam um pouco de sombra do sol forte da tarde. São muito fáceis de cultivar e podem até lidar com algumas secas.

17. Algoz-das-árvores

 

 (amy kimball/Getty Images)

Com frutas laranja-avermelhadas envoltas em uma casca dourada, não é de se admirar que sejam muito amadas. Cultive-as em uma estrutura de suporte ou deixe-as para trilhar no solo.

18. Girassol mexicano

 

 (Troy Arnold/Getty Images)

O girassol mexicano pode ficar bem grande, com cerca de 1,2 a 1,8m de altura, com uma extensão de 60 a 91cm. Ele é atraente para as borboletas e prefere pleno sol.

19. Coroa Imperial (Fritillaria Imperialis)

 

 (Nickola Beck/Getty Images)

A coroa imperial pode ser vermelha, amarela ou laranja e chamam muito atenção. Apesar de serem voltadas para baixo, podendo ser difícil contemplar o interior do “sino”, elas têm marcas internas – que incluem seis pontos brancos redondos e brilhantes perto da base de cada pétala.

20. Lírio-de-um-dia

 

 (Gyscha Rendy/the spruce)

Essas plantas são bastante tolerantes a muitas condições de desenvolvimento diferentes, incluindo calor e umidade.

21. Begônia

 

 (Gyscha Rendy/the spruce)

O gênero Begonia é bastante grande, cheio de espécies perenes. Tome cuidado com míldio e podridão, especialmente em alta umidade. Combata isso espaçando os ramos para que tenham bastante circulação de ar.

22. Papoula da califórnia

 

 (Evgeniya Vlasova/the spruce)

As flores, de quatro pétalas e em formato de xícara, fecham à noite e em dias nublados. A papoula gosta de solo arenoso e bem drenado.

23. Gerbera

 

 (Evgeniya Vlasova/the spruce)

A margarida gerbera se estende por cerca de 10 centímetros de diâmetro e se ergue acima da folhagem verde escura em um caule descoberto.

24. Crisântemo

 

 (Cappi Thompson/Getty Images)

Crisântemos é um tipo perene que atinge cerca de 60 a 91cm de altura e se espalha. Para um crescimento mais denso, retire os caules do final da primavera até o meio do verão.

25. Cravos

 

 (y-studio/Getty Images)

Os cravos são populares graças à sua beleza e fragrância. Plantá-los em um substrato rico em matéria orgânica é o ideal, pois ajudará a reter a umidade.

26. Tagetes

 

 (Gyscha Rendy/the spruce)

Elas são cheias de babados e até a folhagem tem aroma. Existente em vermelho, laranja, amarelo e bicolor.

27. Rosa

 

 (Masako Ishida/Getty Images)

As rosas vêm em uma grande variedade de formas e cores, incluindo laranja. O gênero contém plantas trepadeiras e arbustivas. Evite regar em cima das roseiras, pois isso pode promover o crescimento de fungos. E muita atenção à terra que precisa ser argilosa.

28. Iris

 

 (By Eve Livesey/Getty Images)

Em geral, as íris têm pétalas externas caídas com pétalas internas retas. Remover os elementos gastos pode ajudar a prolongar a floração, que normalmente ocorre do final da primavera até o verão.

29. Helenium autumnale

 

 (Adrienne Legault/the spruce)

Parecida com as margaridas, ela requer pouca manutenção – apenas lembre-se de cortá-la pela metade depois de terminar de prosperar, para mantê-la saudável e vibrante.

20. Ave-do-paraíso

 

 (Letícia Almeida/the spruce)

As plantas ave-do-paraíso são conhecidas por seu design floral arrojado. A espécie tropical pode ser cultivada dentro de casa, desde que tenha uma janela ensolarada.

*Via The Spruce

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.