Casa Created with Sketch.

19 ervas para plantar e fazer chás

Uma boa companhia para quem procura fortalecer o organismo e evitar complicações graves

mesa de chá da tarde com louças coloridas

 (reprodução/Pinterest)

Os chás, um hábito milenar, são perfeitos para dias frios ou momentos de mal-estar, principalmente por serem conhecidos como remédios caseiros – quente e frio. Proporcionando prazer e benefícios à saúde, existem plantas que ajudam na cura de diversas doenças!

 (Reprodução/Pinterest)

E nada melhor do que ter os ingredientes necessários para inserir este método na rotina em sua própria horta em casa. Acrescente ramos à uma plantação já existente – de vegetais, flores ou frutas, ou comece uma do zero (saiba como em: Passo a passo para começar seu jardim).

 (Reprodução/Pinterest)

Mas, antes de tudo, conheça as principais ervas para que possa escolher e saber exatamente o que está usando.

Dica: Não remova muitas folhas de uma vez, já que isso pode matar seu ramo.

1. Lavanda

 

Famosa pelo seu perfume, que também apresenta vantagens para a saúde, a lavanda é aconselhável para acalmar a mente. Além do gosto saboroso, sua bebida reduz tensões e alivia dores de cabeça. Se for semeá-las, selecione uma área de pleno sol e com solo bem drenado.

2. Lúcia-lima

 

O consumo desta muda melhora a digestão, dores nas articulações e asma. Com um gosto semelhante ao do limão, refrescante e azedo, a lúcia-lima é fácil de cultivar. Uma planta ideal para climas subtropicais e tropicais, pois não suporta invernos muito rigorosos.

3. Hortelã

 

Um dos chás mais populares, a hortelã, por ser fácil de criar, é uma ótima escolha para quem está começando uma horta. Auxilia nos distúrbios digestivos, dores abdominais, cólicas estomacais, estimula o apetite e reduz a flatulência.

Muito robusta, ela consegue sair do controle no jardim se você não se importar e cresce em terra úmida com luz direta a parcial.

Veja também

4. Erva-cidreira

 

Apesar de ser parecida com a hortelã, a erva tem um sabor distinto e é muito útil na cozinha. Ela prospera em uma superfície seca e de sombra parcial. Se espalha vigorosamente, se cultivada em canteiros, por isso escolha um espaço confinado ou um recipiente.

5. Gengibre

 

Conhecido por ser antioxidante e conter propriedades antibacterianas, suas raízes e folhas são usadas para fazer infusão. Indicado para curar resfriados, gripes, náuseas e melhorar a digestão e o apetite. O gengibre é uma das espécies de fácil cuidado – especialmente com luz solar filtrada, solo úmido e um ambiente que não é exposto ao vento.

6. Tomilho

 

Eficaz em acalmar problemas de estômago e dor de garganta, desfrute dos ramos e, se tiver, adicione as flores na mistura. A erva precisa de sol direto, tolera luz parcial e exige pouca manutenção.

7. Camomila

 

A linda margarida é tradicionalmente ingerida para induzir calma e sono. Você pode usufruir dos dois tipos de camomila, alemã e romana, mas lembre-se que esta oferece um sabor mais forte. Terreno arenoso e muito sol são ideais para ela, que precisa de muita água durante o verão.

8. Jasmim

 

Para o chá de jasmim é necessário colher ramos frescos, misture com chá verde ou macere e faça ele sozinho. Inclua na sua horta deixando-o em pleno sol e colocando uma treliça ou suporte para que ela possa escalar.

9. Stévia

 

As folhas de estévia são doces e capazes de fazer bebidas deliciosas. Por ser um adoçante seguro e natural, ele é a substituição ideal do açúcar para os diabéticos. Mesmo não tolerando frio, você consegue cultivá-la em uma panela e transportar para dentro de casa quando a temperatura cair.

10. Manjerona

 

Esta planta culinária tem um sabor frutado com um toque de menta. A infusão de manjerona cura vários problemas de digestão e estômago, incluindo falta de apetite; doenças do fígado; cálculos biliares; gases intestinais; e cólicas estomacais.

Para prosperar, ela precisa de uma terra solta, bem drenada e com sol direto – tolerando um pouco de sombra.

11. Coentro

 

Muito consumido na cozinha, o coentro também é adequado para chás. Porém, é aconselhável misturar mel para aliviar a acidez. O tempero elimina as toxinas do corpo, evita a indigestão e prisão de ventre. Ideal para vasos, ela gosta de sol e sombra parcial.

12. Alecrim

 

O alecrim melhora a digestão, promove a função cognitiva e atua como antioxidante, protegendo o corpo contra doenças cardíacas e câncer. A planta prefere sol pleno, superfície leve e bem drenada.

13. Erva-doce

 

Muito benéfica para distúrbios digestivos, utilize as sementes para ajudar como a síndrome do intestino irritável, distensão abdominal e flatulência. A erva-doce cresce em terreno úmido e fértil, com sol total ou parcial.

14. Erva-de-São-João

 

Um remédio muito eficaz para distúrbios nervosos – como insônia, depressão e ansiedade. No entanto, também tem alguns efeitos colaterais, fique atento. Cultivada no solo ou em vasos, ela se desenvolvem sem cuidados especiais.

15. Sálvia

 

O tônico antisséptico da sálvia oferece um remédio eficaz para doenças diversas – como úlcera na boca e dor de garganta. Seu chá auxilia igualmente na depressão e Alzheimer. Para prepará-lo, separe 1 colher de sopa de sálvia fresca e outra de folhas secas.

Deixe tudo em infusão, com água quente, por 3 a 5 minutos. Para um gosto a mais, acrescente mel. Ela pode ser criada em terra ou vasos, nesta última opção lembre-se de aguar regularmente.

16. Amor-perfeito (Viola tricolor)

 

Esta flor é famosa por suas propriedades medicinais, que incluem flavonóides, saponinas, antocianinas, carotenóides – útil no combate de inúmeras doenças: câncer, problemas de pele, alergias e dor de garganta. O amor-perfeito gosta de sombra parcial e uma superfície levemente ácida a neutra.

17. Manjericão 

 

O manjericão tulsi é o mais indicado para bebidas, mas você consegue aproveitar outras variedades. Ele alivia o estresse e, se incorporado com mel e gengibre, ajuda com a asma, tosse, resfriado e gripe. Além disso, sua degustação reduz o nível de açúcar no sangue, auxilia nas doenças cardíacas e cura problemas bucais, como o mau hálito. Por ser uma planta tropical, é aconselhável exposições quentes.

18. Erva-gateira

 

Esta erva é uma excelente opção para um dia exaustivo, pois suas propriedades são sedativas e calmantes. Favorece a cura de distúrbios digestivos, como diarreia, alivia dores de cabeça e insônia e, se você está passando por abstinência de nicotina, alivia o estresse. Tanto as folhas quanto as flores são usadas para preparar a infusão.

Reserve um solo bem drenado e arenoso e mantenha em sol parcial.

19. Capim-limão

 

Outro ingrediente muito presente na culinária, o capim-limão possui a vantagem de repelir pragas do seu jardim – como as moscas brancas. Cultive-o em um local quente e regue regularmente.

*Via Balcony Garden Web

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.