Casa Created with Sketch.

16 plantas pendentes que vão deixar sua casa como uma floresta

As plantas pendentes vêm em todas as formas, tamanhos e temperamentos

Escolher a planta perfeita para sua casa é sempre uma dúvida cruel. Se você está nessa situação, a dica é uma planta pendente! As plantas pendentes vêm em todas as formas, tamanhos e temperamentos – da jibóia ao delicado colar de pérolas – existe realmente uma planta para cada tipo de cantinho.

Acostume sua planta a crescer em uma treliça ou poste de musgo, ou exiba suas lindas videiras em uma cesta de macramê. De qualquer forma, adicionar uma dessas 16 plantas de interior à sua casa é uma maneira segura de dar a qualquer ambiente uma sensação tropical instantânea.

1. Jibóia (Epipremnum aureum)

 

 (Brenda Maher/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta baixa a brilhante
  • Água: Quando o solo estiver seco
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 3,6 metros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação

2. Filodendro-brasil (Philodendron hederaceum)

 

 (Ali Majdfar/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta baixa a brilhante
  • Água: Quando o solo estiver seco
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 3 metros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação

3. Mini-costela-de-adão (Rhaphidophora tetrasperma)

 

 (Firn/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta brilhante
  • Água: Quando o solo estiver seco
  • Tamanho adulto: Até 3,5 metros de altura
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação

4. Jibóia prateada (Scindapsus pictus)

 

 (SEE D JAN/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta média a brilhante
  • Água: Regue assim que o solo estiver seco
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 3 metros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação

5. Costela de Adão (Monstera deliciosa)

 

 (Kseniia Solov'eva/EyeEn/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Média a brilhante é melhor, mas pode sobreviver com pouca luz também
  • Água: Quando o solo estiver seco
  • Tamanho adulto: 3-4,5 metros de altura
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

6.​​ ​​Planta Queijo-Suíço (Monstera adansonii)

 

 (Kseniia Solov'eva/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta média a brilhante
  • Água: Quando o solo estiver seco
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 3,5 metros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

7. Colar de pérolas (Senecio rowleyanus)

 

 (Kara Riley/the spruce)

  • Luz: Várias horas de luz solar direta e brilhante por dia
  • Água: Regue uma vez a cada poucas semanas, quando as pérolas estiverem com uma aparência “enrugada”
  • Tamanho adulto: as videiras podem crescer até 1 metro de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

Veja também

8. Corações emaranhados (Ceropegia woodii)

 

 (Lana__M/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Brilhante, luz indireta
  • Água: Deixe o solo secar entre as regas
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 3,6 metros de comprimento
  • Toxicidade: Não tóxico

9. Colar de golfinhos (Senecio peregrinus)

 

 (Krystal Slagle/the spruce)

  • Luz: Várias horas de luz solar direta e brilhante por dia
  • Água: Regue uma vez a cada poucas semanas
  • Tamanho maduro: As videiras podem crescer entre 30 a 60 centímetros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

10. Suculenta bananinha (​​Senecio radicans)

 

 (Krystal Slagle/the spruce)

  • Luz: Pelo menos 4-5 horas de luz solar direta e brilhante por dia
  • Água: Deixe o solo secar completamente entre as regas
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 3 pés de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

11. Erva-de-vidro (Peperomia prostrata)

 

 (Krystal Slagle/the spruce)

  • Luz: Indireta baixa a brilhante
  • Água: Regue assim que a parte superior do solo estiver seca
  • Tamanho adulto: As hastes podem crescer até 60 cm de comprimento
  • Toxicidade: Não tóxico

12. Flor de cera (Hoya carnosa)

 

 (Andrey Nikitin/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Direta brilhante a indireta
  • Água: Deixe o solo secar completamente entre as regas
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer próximo de 1 metro de comprimento
  • Toxicidade: Não tóxico

13. Singônio (Syngonium podophyllum)

 

 (Firn/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta baixa a brilhante
  • Água: Regue assim que os primeiros centímetros do solo estiverem secos
  • Tamanho adulto: As videiras podem ter 1-2 metros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

14. Lambari (Tradescantia zebrina)

 

 (Krystal Slagle/the spruce)

  • Luz: Indireta brilhante
  • Água: Regue assim que a parte superior do solo estiver seca.
  • Tamanho adulto: Pode chegar até 30 cm de altura, e 60 cm de largura
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

15. Colar de níquel (Dischidia nummularia)

 

 (pojcheewin/Getty Images/the spruce)

  • Luz: Indireta brilhante
  • Água: Regue quando os primeiros centímetros do solo estiverem secos
  • Tamanho maduro: As videiras crescem entre 30-45 cm de comprimento
  • Toxicidade: Não tóxico

16. Hera (Hedera helix)

 

 (Phoebe Cheong/the spruce)

  • Luz: brilhante, luz indireta
  • Água: Regue assim que a parte superior do solo estiver seca
  • Tamanho adulto: As videiras podem crescer até 30 metros de comprimento
  • Toxicidade: Tóxico para animais de estimação e para humanos

*Via The Spruce

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.