Casa Created with Sketch.

15 plantas ideais para decorar e trazer boas energias ao escritório

Para trazer vida a um espaço de trabalho, nada melhor que plantas. Confira uma seleção das espécies mais adequadas ao ambiente e seus cuidados básicos:

 (Anna Shvets/Pexels)

Você trabalha em um escritório? Se a resposta é sim, você provavelmente tem a sua própria mesa e deseja que ela seja um espaço com a sua cara, não é? Para decorá-la, aposte em plantas domésticas. Além de trazer boas energias ao ambiente – qualidade inerente às plantas –, elas vão ajudar a purificar o ar e, com o vaso certo, podem adicionar estilo ao seu espaço de trabalho, seja em casa ou fora. 

Se você gostou da proposta mas não faz ideia de qual espécie escolher, confira esta lista de 15 plantas perfeitas para escritórios e os cuidados básicos de cada uma:

1. Espada-de-são-jorge 

 (Reprodução/Pinterest)

Definitivamente versáteis quando o assunto é a luz, as espadas-de-são-jorge preferem uma iluminação média (cerca de 3 metros de distância das janelas), mas também toleram luzes baixas e altas. Certifique-se de mantê-las longe do sol, porque as folhas podem queimar  em um piscar de olhos.

Quanto à rega, não exagere porque a planta pode apodrecer. Garanta que o solo esteja quase completamente seco antes de fazer uma nova rega (que deve acontecer a cada 2 ou 6 semanas, dependendo da temperatura do seu escritório, níveis de luz e umidade. Portanto, se você viaja ou tende a ignorar as plantas, esta é uma das espécies perfeitas para você.

Por isso gostamos delas: essas belezas espetadas suportam quase tudo. Elas lidam bem com o ar seco e vêm em uma ampla variedade de cores, padrões, formas e tamanhos de folhagem.

2. Zamioculcas

 (Ksenia Chernaya/Pexels)

As zamioculcas aceitam melhor as luzes moderadas ou médias (com tendência para a leve). Muitas vezes, elas são classificadas como plantas de baixa luminosidade, mas apenas toleram isso e, nesse ambiente, não devem crescer muito. 

O ideal é regá-las a cada 2-3 semanas no verão e a 4-5 semanas no inverno. Como todas as outras plantas listadas aqui, ajuste a frequência de rega de acordo com as condições do seu escritório.

A principal atração de uma planta Zamioculca é sua folhagem linda e brilhante que realmente atrai a atenção dos observadores.

3. Jibóia

 (Elle Hughes/Pexels)

A luz moderada é a ideal para a jibóia, principalmente aquelas com variegação – zonas de coloração diferente – nas folhas. Apesar de tolerar pouca luz, não crescem muito dessa forma. A Jade Pothos, com a sua folhagem verde sólida, lida melhor com condições de pouca luz.

Na rega, deixe o solo quase secar antes de molhar novamente a planta. Como regra geral, faça-o a cada 7 a 10 dias no verão e a cada 14 dias no inverno.

Além de serem fáceis de manter, as jibóias são fáceis de encontrar e dificilmente pesarão no bolso. Como são plantas rasteiras, se certifique de que há espaço em sua mesa para que elas se espalhem e fiquem penduradas.

4. Aglaonema

 (Tiia Pakk/Pexels)

As aglaonemas de cor verde profundo lidam melhor com pouca luz, mas aquelas com cores e traços na folhagem precisam de maiores incidências de luz solar. Mas não precisa ser direta: certifique-se de mantê-las longe das janelas com a entrada do sol forte ou elas se queimarão.

Quando o solo do vaso ficar seco, é hora de regá-las – isso tende a ser a cada 7-9 dias nos meses mais quentes e a cada 2-3 semanas quando o inverno chega. 

De grande destaque devido às suas cores e padrões, as aglaonemas também são de fácil manutenção para jardineiros iniciantes.

5. Lírio-da-paz

 (Divulgação/Casa.com.br)

Os lírios-da-paz preferem luz moderada ou média, mas precisam de luz mais forte para induzir a floração. Além disso, essa é uma planta que gosta de rega regular. A parte superior deve estar relativamente seca antes de receber água novamente. Nunca deixar secar completamente porque as folhas, caules e flores ficam moles.

É melhor comprar o seu lírio-da-paz com flores e botões porque pode ser complicado fazê-los florescer novamente dentro de casa ou do escritório.

6. Peperômias

 (Clube da Suculenta/Reprodução)

As peperômias se dão melhor em condições de luz moderada ou média. Você precisará regar a sua a cada semana ou duas nos meses mais quentes e a cada 2-3 semanas no inverno. Deixe secar quase totalmente antes de molhar novamente.

Mais resistentes do que parecem, as peperômias estão disponíveis em uma ampla gama de texturas e cores de folhas. Elas certamente adicionam personalidade a qualquer espaço!

7. Hoyas

 (Pistils Nursery/Divulgação)

As hoyas precisam de luz natural e brilhante para dar o seu melhor. É bom tê-las perto de uma janela, mas não necessariamente sobre o parapeito. Além disso, mantenha as plantas longe do sol direto da tarde. 

Suculentas, as hoyas preferem ser regadas novamente quando estão quase secas, então o faça a cada 1-2 semanas no verão e a cada 3 semanas no inverno.

Elas variam muito em relação à forma, cor e variegação das folhas. Algumas se desenvolvem mais do que outras, então você precisa de espaço para que se espalhem um pouco na sua mesa. São de fácil manutenção, longa duração, duráveis e muito atraentes. 

8. Aloe Vera

 (Alexandra Victoria/Pexels)

Em ambientes internos, a Aloe Vera requer o máximo de luz possível. Como outras suculentas, se essa espécie não receber a luz que precisa, as suas folhas cairão. Apenas certifique-se de mantê-la longe do vidro quente da janela. 

Não importa onde você a tenha cultivado, espere que a sua Aloe Vera seque quase toda antes de regar novamente. Regue bem e garanta que toda a água escoe. Dentro de casa, regue uma vez por mês. No inverno, ela pode precisar de ainda menos água, talvez uma vez a cada 4-8 semanas. 

Além de divertidas e fáceis de cuidar, essas plantas podem te ajudar em caso de alguma emergência, como irritação na pele. Basta cortar uma folha e usar o gel cicatrizante!

 9. Beaucarnea recurvata

 (bedazzled_87/Reprodução)

Essa espécie apresenta melhor desempenho em ambientes internos com muita luz. Mas tenha o cuidado de não colocá-la contra alguma janela quente. Por armazenar água em suas bases bulbosas e raízes grossas, basta regá-la a cada 3-4 semanas nos meses mais quentes e a cada 5-7 semanas no inverno.

Suculentas, as Beaucaena Recurvatas crescem lentamente dentro de casa e não ocupam muito espaço. Eles são ótimas plantas para adicionar um toque especial à sua mesa!

10. Planta de jade

 (Skylar Kang/Pexels)

Como uma planta de interior, as plantas de jade precisam do máximo de sol que você pode dá-las (ao menos 6 horas diárias). 

Não as regue mais do que a cada 2-3 semanas nos meses mais quentes. Uma vez a cada 4-5 semanas é o suficiente nos meses de inverno. Elas armazenam água em suas folhas, caules e raízes, assim como outras suculentas, o que as torna sujeitas à podridão das raízes se mantidas muito úmidas.

Suas folhas grossas são lindas e únicas. Se você procura algo um pouco mais exclusivo, as plantas de jade são adequadas para bonsai e podem ser encontradas em diferentes formas. Se o seu espaço de trabalho tiver muita luz, você poderá cultivar essa planta facilmente.

11. Bromélias

 (Chácara Strano Paisagismo/Reprodução)

Para cuidar das bromélias, garanta uma luz agradável a elas, mas sem períodos prolongados de sol quente direto. Se a luz estiver muito baixa, as flores não abrirão corretamente. Lembre-se também que elas gostam de uma boa rega todos os meses. Você pode manter o vaso cerca de 1/4 cheio de água. Se o vaso ficar cheio, a planta pode apodrecer. 

12. Flor-da-fortuna

 (Flavia/Wikimedia Commons)

As flores-da-fortuna gostam de luz natural e brilhante. Uma situação de luz média ou alta é melhor, desde que a planta não receba muito sol direto. Se a luz estiver muito baixa, as flores não abrem. E certifique-se de mantê-las fora de qualquer janela quente, porque podem queimar.

Suculentas de folhas e caules carnudos, as flores-da-fortuna não precisam estar constantemente molhadas. Elas precisam de uma boa drenagem. Regue bem a sua, deixe escorrer e regue novamente quando estiver quase seca.

Estas plantas são suculentas que florescem. Cada haste é coberta com muitas flores, então se você pegá-las quando as flores estiverem parcialmente abertas, elas terão um longo tempo de floração. As flores-da-fortuna vêm em uma variedade de cores (branco, amarelo, laranja, vermelho e rosa) para alegrar o seu escritório ou home office. 

13. Orquídea borboleta

 (OrquideasBlog/Reprodução)

Requisitos de luz: certifique-se de que a luz para sua orquídea seja a mais brilhante possível, mas sem qualquer sol direto. Pense em uma estufa que tem muita luz natural, mas o vidro é caiado para difundir os raios diretos do sol – essa é a exposição que elas adoram. Essa luz natural indireta é necessária para que os botões das flores fechadas se abram.

Rega: essas orquídeas não são tão delicadas quanto você pode imaginar. Regue-as a cada 7-10 dias e, como todas as outras plantas, deixe a água escorrer completamente do vaso.

As flores da orquídea borboleta são fascinantes, lindas e intrigantes. Eles vêm em uma grande variedade de cores e são definitivamente um belo espetáculo de se ver. É uma ótima opção para quem quer deixar o escritório mais delicado e alegre.

14. Bambu-da-sorte

 (Istock/Reprodução)

O Bambu-da-sorte se dá muito bem com luz forte. Ele tolera níveis de luz mais baixos muito bem, mas não vai crescer muito. Certifique-se de não colocá-lo sob o sol quente e direto, pois isso vai queimá-lo.

Além disso, garanta que a água cubra completamente as raízes dos caules ou arranjos. Adicione um pouco de água conforme necessário, a cada 7-21 dias dependendo da temperatura. Se a água estiver com cheiro ruim, troque-a. Essa planta prefere água destilada à água da torneira com muito cloro e minerais.

O Bambu-da-sorte pode tanto crescer em água quanto em uma mistura de solo. É ótimo para começar na jardinagem, porque é fácil de cuidar.

15. Tillandsia

tillandsia

 (Sarah Bronske/Casa.com.br)

Requisitos de luz: luz clara e indireta é a melhor. As Tillandsias não se dão bem com pouca luz ou com sol direto.

Requisitos de água: É melhor pulverizá-la ou molhá-la (por 15 minutos) 1 a 2 vezes por semana. Se o seu escritório for bastante seco, pode ultrapassar os 15 minutos. 

As Tillandsias são comumente chamadas de plantas de ar porque não crescem no solo. Eles exigem mais manutenção em termos de rega ou pulverização, mas vale a pena tentar. São ótimas para criar itens de decoração de escritório, se você quiser algo um pouco diferente enfeitando sua mesa.

Em resumo..

Todas as plantas citadas são adequadas para ter em sua mesa de escritório. Se você é um jardineiro iniciante, saiba que elas estão sujeitas a rega excessiva, ou seja, com muita frequência. É preciso se certificar, também que elas não se assentem em água no pires, porque isso também pode apodrecê-las.

Muitas dessas plantas vão tolerar pouca luz (especialmente as espadas-de-são-jorge), mas não vão crescer muito. Você terá que girar sua planta a cada 1-2 meses para que receba luz por todos os lados. E, acima de tudo, aproveite a vida e a beleza verde que suas plantas trazem para o seu espaço de trabalho!

* Via Joy Us Garden

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.