As 12 melhores espécies de plantas suspensas para ter em casa

Estes véus de folhas exuberantes e flores coloridas irão fazer a sua casa brilhar sem ocupar espaço

Por Redação Atualizado em 7 mar 2022, 22h55 - Publicado em 8 jan 2022, 19h00
plantas suspenas
Alamy/Gardeningetc

Sempre sonhou em adicionar verde dentro de casa, mas não tem muito espaço para isso? Seus problemas acabaram! Com as plantas suspensas o seu interior vai ter uma cara nova, além de, dependendo da espécie, conseguir adicionar camadas de textura e cor.

Como muitas podem crescer bastante, ao serem penduradas no centro de um cômodo ou corredor, podem atrapalhar a circulação. Por isso, coloque-as em cantos no teto, prateleiras ou exiba-as em um vaso suspenso. 

plantas suspensas
reprodução/Kristan Lieb/Casa.com.br

Para um efeito de candelabro sobre uma mesa ou aparador use tipos menores, como cacto espinha de peixe ou gravatinha e enrosque fios de pequenas luzes LED através dos caule ou até ilumine a folhagem com um holofote para um lindo jogo de sombras à noite. Há muitas maneiras de torná-las um ponto focal marcante.

Para saber qual escolher, separamos 12 tipos que ficarão incríveis dentro de casa. Lembre-se de verificar as necessidades de cada um para saber o melhor lugar para eles.

1. Planta Batom (Pulcher Aeschynanthus)

 

Continua após a publicidade

flor rosa

Durante o verão e o outono, flores tubulares em vermelho vivo emergem de partes mais escuras como pequenos batons! No resto do ano, os caules em cascata de folhas verdes brilhantes, que podem crescer até cerca de 70 cm de comprimento, se destacam.

A espécie gosta de ambientes iluminados, mas longe do sol direto. Regue sempre que a parte superior do composto estiver seca. Na primavera e verão, borrife a folhagem a cada poucos dicas e aplique um fertilizante líquido uma vez por mês.

2. Corações Emaranhados (Ceropegia Linearis Subsp. Woodii)

 

Continua após a publicidade

folhagem suspensa

Estes longos caules com pequenas folhas em forma de coração são apaixonantes! Para complementar, flores rosas e roxas surgem no meio deste show no verão! Ao incluir no seu espaço, você estará adicionando vida e decoração!

Corações Emaranhados é um dos melhores tipos de baixa manutenção para o interior, pois são fáceis de cultivar – exigindo pouca água e quase nenhuma irrigação durante o inverno. Exiba as hastes longas, que podem chegar a mais 1,8 m, em uma sala ensolarada.

3. Gravatinha (Chlorophytum Comosum)

 

Continua após a publicidade

folhagem suspensa

Apresentando folhas listradas, em verde e branco, esta pequena muda é muito fácil cuidar, gostando tanto do sol filtrado quanto da sombra. A espécie, que pode acrescer até 30 x 60 cm, precisa de rega quando o topo do composto parecer seco e, da primavera ao outono, de um fertilizante líquido uma vez por mês.

4. Cipó-uva (Cissus Rhombifolia)

 

Continua após a publicidade

folhagem suspensa

Procurando uma muda com um estilo mais selvagem? O cipó-uva, com seus longos caules de até 1,8 m de comprimento e folhas brilhantes, será um belo complemento a uma sala iluminada ou um pouco sombreada.

Para ter um efeito de cascata, pendure a planta em uma cesta suspensa ou fios horizontais para cobrir uma parede. Deixe o composto sempre úmido durante a primavera e outono, mas reduza levemente a irrigação e alimentação no inverno. Você pode aparar as hastes muito longas na primavera.

Veja também

5. Cacto espinha de peixe (Epiphyllum Anguliger)

 

Continua após a publicidade

folhagem suspensa

As folhas onduladas deste cacto atingem cerca de 30 cm de comprimento. Flores brancas perfumadas aparecem no outono seguidas por frutas verdes comestíveis.

Coloque-o em uma posição iluminada, longe do sol direto, ou em um ambiente com um pouco de sombra. Do início da primavera ao outono, mergulhe a muda em uma pia para que fique úmida, mas nunca encharcada. Este processo só deve ser realizado quando a parte superior do composto estiver seca.

6. Jibóia (Epipremnum Aureum)

 

Continua após a publicidade

jiboia

Esta é uma dos melhores ramos para iniciantes. Com caules pendentes exibindo folhas em formato de coração, como não querer incorporá-la no seu interior? Também conhecida como pothos, você consegue escolher entre uma variedade de folhas verdes salpicadas.

A espécie sobrevive na maioria das condições, até com pouca luz. Apare as hastes longas conforme necessário e coloque-as de forma horizontal para cobrir uma parede. Veja mais sobre a jiboia aqui!

7. Uva rosa (Medinilla Magnifica)

 

Continua após a publicidade

flor rosa suspensa

Pensa em diversos cachos de uva rosa pendurados em um mesmo lugar, este é o visual da medinilla magnifica! Elas aparecem no final da primavera até o verão e, por serem tropicais, requerem nebulização a cada dois dias e rega quando o composto estiver seco, de preferência com chuva ou água destilada.

Elas podem atingir até 1,2×1 m e demandam um fertilizante líquido com potássio, como o de tomate, a cada duas semanas, da primavera ao final do verão, e um ambiente claro longe de luz direta.

8. Ripsális (Rhipsalis Baccifera)

 

Continua após a publicidade

folhagem suspensa

Procurando uma espécie tropical? Com uma massa de caules finos, que podem chegar a 90 cm de comprimento, e sem folhas, Rapsális cria um visual dramático ao ser pendurado. Deixe-a crescer em um local claro ou ligeiramente sombreado e borrife os caules a cada poucos dias.

9. Rabo-de-burro (Sedum Morganianum)

 

Continua após a publicidade

suculenta suspensa

Gosta de suculentas? Que tal incluir uma variedade à sua coleção? Esta opção apresenta caules grossos e texturizados, que atingem 30 cm de comprimento. O tipo pode ser vendido como folhas ovais ou com folhagem em forma de lágrima ligeiramente mais longa – ambos ficam rosa-púrpura sob a luz forte. No verão, pequenas flores rosas surgem nas pontas das hastes.

Pendure-o em uma posição ensolarada e regue com moderação da primavera ao outono, mas no resto do ano apenas uma pequena quantidade.

10. Rosário (Senecio Rowleyanus)

 

Continua após a publicidade

suculenta suspensa

Não se engane com sua aparência exótica, está muda é perfeita para iniciantes. Com pequenas folhas redondas que parecem ervilhas, este ramo produz um lindo ponto focal quando expostas em um vaso ou cesta suspensa. Pequenas flores brancas também podem aparecer na primavera.

As folhas em forma de pérolas retêm a umidade e resistem a longos períodos de seca. Para estimular um crescimento denso, escolha um lugar ensolarado e apare seus caules na primavera ou verão.

11. Flor de maio (Schlumbergera)

 

Continua após a publicidade

flor suspensa

Amado pelas divisões em segmentos ovais e flores que parecem joias em vermelho, rosa, roxo ou laranja, esta planta compacta é ideal para pequenos espaços, atingindo apenas 45 cm de altura e comprimento.

Ela é muito exigente e precisa de nebulização regular e cuidadosa. No verão, acrescente bem a água e reduza a irrigação pouco antes das flores começarem a brotar no outono, mas aumentando novamente os níveis de água quando os botões se abrirem. Depois da floração, deixe-a quase secar por alguns meses.

12. Lambari (Tradescantia Zebrina)

 

Continua após a publicidade

folhagem suspensa

Adicione uma nota colorida a qualquer sala iluminada com essas folhas listradas, que são tranquilas de cuidar. Apenas fique atento para não regar demais e com uma frequência menor no inverno. Borrife as folhas uma vez por semana na primavera e no verão.

*Via GardeningEtc

Continua após a publicidade

Publicidade