Casa Created with Sketch.

10 plantas que ajudam a melhorar o sono

Algumas espécies têm propriedades interessantes e podem ajudar a reduzir a ansiedade e purificar o ar, melhorando a qualidade do sono

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Poucas coisas são tão importantes quanto uma boa noite de sono. E embora existam muitas maneiras de lidar com insônias ou sonos insatisfatórios, nem todas são processos naturais.

Felizmente, uma variedade de plantas domésticas comuns contém propriedades benéficas para melhorar a qualidade da dormida e resolver o problema. Quer purifique o ar – como a areca-bambu – ou reduza a ansiedade – como a flor do maracujá –, algumas plantas podem te ajudar a conquistar o sono perfeito.

Confira abaixo a lista de 10 espécies que podem ser as suas melhores amigas no processo:

1. Lavanda (Lavandula angustifolia)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Um estudo de 2015 descobriu que os participantes que usaram óleo essencial de lavanda antes de dormir tiveram uma melhor qualidade do sono em comparação com o grupo de controle.

Se você optar por manter uma planta de lavanda em seu quarto, certifique-se de podá-la para dar forma a cada primavera após o aparecimento de novas folhas. A fragrância doce da lavanda é outro bom motivo para considerar manter um pote da erva roxa em seu quarto. Veja como cultivar aqui!

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sol pleno.
  • Água: seca a média.
  • Solo: leve, arenoso e bem drenado.
  • Segurança de animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

2. Gardênia (Gardenia Jasminoides)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

As gardênias, também conhecidas como jasmim do cabo, são um arbusto perene fortemente aromático com propriedades conhecidas por ajudar a melhorar a qualidade do sono. Um estudo de 2010 mostrou que a crocetina, um composto da espécie, ajudou a reduzir a quantidade de “episódios de despertartamento”.

Ao regar gardênias, use irrigação por gotejamento para evitar manchas nas folhas. Se você é um jardineiro iniciante, experimente os óleos essenciais de gardênia, pois a planta exige muita manutenção.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sombra parcial.
  • Água: média.
  • Solo: ácido, rico em húmus e bem drenado.
  • Segurança para animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

3. Areca-bambu (Dypsis lutescens)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Uma das plantas de interior mais populares, a areca-bambu apresenta vários caules que lembram um pouco o bambu e tem um talento especial para purificar o ar. Pesquisadores da Universidade Nacional de Pukyong descobriram que a planta ajudou a reduzir as concentrações de C02 no ambiente circundante.

Como qualquer pessoa com alergia à primavera pode atestar, ar puro e bom sono andam de mãos dadas. Mantenha a areca-bambu em um cômodo com alta umidade para melhores resultados.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sol total a sombra parcial.
  • Água: média.
  • Solo: rico, úmido e bem drenado.
  • Segurança para animais de estimação: não tóxica para cães e gatos.

4. Espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger/Streeteasy)

A espada-de-são-jorge está entre um grupo de plantas conhecidas por sua notável capacidade de remover poluentes do ar interno. Em um estudo da NASA, os cientistas descobriram que estas plantas eram capazes de transformar tóxicos em ar puro.

Para garantir o bem-estar de sua espada-de-são-jorge, regue-a regularmente durante todo o período de cultivo e reduza desde o outono até o final do inverno. Considere mantê-la ao lado de sua cama para um melhor sono! Veja como cultivar aqui!

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sombra parcial.
  • Água: média.
  • Solo: mistura para envasamento bem drenada.
  • Segurança para animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

Veja também

5. Hera inglesa (Hedera helix)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Os pesquisadores descobriram que os extratos de hera inglesa estavam relacionados a uma “melhora das funções respiratórias” em crianças com asma.

Considere manter uma planta desta em um vaso no parapeito de uma janela ou acima da janela de um quarto, em uma cesta suspensa. A hera inglesa é facilmente propagada por estacas de caule na primavera e no início do verão, tornando-se um presente atencioso para os amigos.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sombra parcial a sombra total.
  • Água: média.
  • Solo: rico, úmido e bem drenado.
  • Segurança para animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

6. Flor-da-paixão (Passiflora incarnata)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Nativa do sudeste dos Estados Unidos, a flor de maracujá roxa pode ter efeitos de redução da ansiedade que podem ser benéficos no estabelecimento de bons padrões de sono. Um ensaio clínico descobriu que o extrato da flor, junto com o oxazepam, ajudou os participantes a controlar sua ansiedade.

A sua intrincada estrutura floral apresenta uma impressionante coroa de filamentos roxos. Elas também produzem uma fruta comestível em forma de ovo chamada maypops.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sol total a sombra parcial.
  • Água: média.
  • Solo: moderadamente fértil e bem drenado.
  • Segurança para animais de estimação: não tóxica para cães e gatos.

7. Heliotrópio de jardim (Valeriana officinalis)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Em um estudo publicado na Chemical Senses, os pesquisadores relacionaram a inalação de extrato de heliotrópio de jardim à “melhora do sono”. Os extratos da planta são frequentemente usados ​​em chás de ervas e perfumes. O heliotrópio de jardim pode tolerar um pouco de sombra, mas tem melhor desempenho quando exposto à luz do sol.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sol pleno.
  • Água: média a úmida.
  • Solo: barro úmido e rico.
  • Segurança para animais de estimação: não tóxica para cães e gatos.

8. Camomila (Chamaemelum nobile)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Uma erva de muitos usos, a camomila tem sido aplicada para uma variedade de doenças, desde espasmos musculares e úlceras até inflamação e insônia. Um estudo discute os efeitos sedativos do extrato de camomila, seja consumido por meio da ingestão como chá ou inalado por meio de aromaterapia.

Deixe um pote de camomila crescendo no parapeito da janela do quarto para o benefício adicional de seu doce aroma de maçã. Para fazer seu próprio chá de camomila, remova as flores e deixe-as secar.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sol total a sombra parcial.
  • Água: média.
  • Solo: arenoso e bem drenado.
  • Segurança para animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

9. Epipremnum aureum

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Nativa das Ilhas Salomão, a Epipremnum aureum (ou pothos dourado) tem se mostrado uma removedora eficaz de poluentes do ar, como formaldeído e benzina, tornando-se uma planta ideal para melhorar as condições de sono.

Plante esta hera trepadeira em um vaso de cerâmica ou cesta suspensa perto de janelas com luz solar parcial.

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sombra parcial.
  • Água: média.
  • Solo: mistura para envasamento úmida e turfosa.
  • Segurança para animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

10. Lírio da paz (Spathiphyllum)

 

 (Sanja Kostic/TreeHugger)

Os lírios da paz não são apenas lindos, mas também podem purificar o ar do seu quarto. Em um estudo conduzido por pesquisadores da NASA, essas plantas perenes foram observadas removendo várias variedades de tóxicos de ambientes fechados.

Os lírios da paz preferem luz intensa e filtrada, portanto, coloque-os em frente a uma janela, se possível. Certifique-se de plantar lírios da paz em vasos grandes para o crescimento adequado das raízes. Veja como cultivar aqui!

  • Dicas de cuidados com a planta
  • Luz: sombra parcial a sombra total.
  • Água: média.
  • Solo: uniformemente úmido, mas não encharcado.
  • Segurança para animais de estimação: tóxica para cães e gatos.

*Via TreeHuger

Veja também
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.