Casa Created with Sketch.

Design Miami chega a sua 15ª edição com imersão no tema “Água”

A feira, que ocorre na Flórida, incluirá 60 exibições e 8 apresentações, entre os dias 4 e 8 de dezembro

 (James Harris/Divulgação)

Design Miami, chega, neste ano, a sua 15ª edição e ocorrerá entre os dias 4 e 8 de dezembro. Como de costume, mais uma vez a feira reunirá colecionadores influentes, galeristas, curadores e críticos de todo o mundo para celebrar a cultura e o comércio do design.

Para 2019, o evento acolhe 60 exposições e oito apresentações de 13 países, incluindo duas galerias, que serão exibidas pela primeira vez. Após sua estreia na edição junina da feira, Aric Chen atuará como diretor curatorial, direcionando o foco para o futuro material do planeta com o tema “Elements: Water“.

Se você está indeciso sobre o que acompanhar na Design Miami 2019, não deixe de ver a seleção dos destaques abaixo:

 (Divulgação/Casa.com.br)

Além das galerias, a programação conta com atrações imperdíveis, como exposições selecionadas de móveis, iluminação e objetos de arte com qualidade de museu.

A galeria Friedman Benda está trabalhando com o artista Daniel Arsham em uma instalação que transforma o espaço em um ambiente doméstico imaginado, libertando-se das restrições tradicionais da feira de design.

O projeto teve início quando Arsham imaginou uma coleção de objetos para trabalhar em diálogo com sua própria casa em, que mais tarde foi expandida para um ambiente de ficção.

KAWSxcampana na galeria Friedman Benda – Design Miami 2018.

KAWSxcampana na galeria Friedman Benda – Design Miami 2018. (James Harris/Divulgação)

Enquanto isso, a galeria Wexler apresentará uma arte imersiva do artista e ativista Roberto Lugo, que reúne design alto, grafite, hip-hop, história do artesanato, cultura pop e porcelana. A obra compreende duas urnas funerárias em grande escala, um ursinho de pelúcia de cerâmica e papel de parede inspirado em grafite – uma referência aos memoriais improvisados ​​para vítimas de violência armada, frequentemente encontradas nas calçadas de um bairro afetado.

Coleção “Aqua Alta”, por Virgil Abloh (2018).

Coleção “Aqua Alta”, por Virgil Abloh (2018). (Divulgação/Casa.com.br)

As peças em vidro também serão destaque entre as instituições expositoras. A galeria Cristina Grajales, por exemplo, vai apresentar uma exposição solo de obras de vidro, desenhadas pelo diretor de teatro e artista visual Robert Wilson, inspiradas no artista americano Paul Thek e produzidas em colaboração com o Corning Museum of Glass.

R & company – Design Miami 2018.

R & company – Design Miami 2018. (James Harris/Divulgação)

As peças procuram traduzir as paisagens poéticas de Thek em imagens de natureza sepultadas. A R & Company também está colaborando com o museu em uma exposição de objetos criados pelo artista Jeff Zimmerman, cujas técnicas únicas de fabricação de vidro resultam em formas orgânicas, que evocam simultaneamente a natureza e o futurismo.

“Fruiting Desert Lamp”, por Jonathan Trayte (2018).

“Fruiting Desert Lamp”, por Jonathan Trayte (2018). (Divulgação/Casa.com.br)

Como sempre, a Design Miami 2019 terá colaborações com instituições, parceiros e patrocinadores para apresentar trabalhos de design recém-formados, assumindo a forma de instalações imersivas, exposições selecionadas e objetos únicos.

Nesse sentido, a Maison Perrier-Jouët celebra sua 8ª parceria com a feira e convida o designer Andrea Mancuso para reinterpretar a herança art nouveau da consagrada produtora de champanhe por meio de uma experiência nova e inesperada.

Ao mesmo tempo, a LEXUS se baseará no tema da feira (água) com uma instalação imersiva evocativa de chuveiros de sol, projetada para trazer o fenômeno natural para dentro da tenda da Design Miami. A obra de arte formará um ambiente baseado no conceito japonês de engawa – semelhante a uma marquise – que, tradicionalmente, serve como um espaço de encontro comunitário.

Centro da série “Flow” em poliestireno, fibra de vidro, pigmentos iridescentes, resina, bronze e madeira compensada por Brecht Wright Gander (2019).

Centro da série “Flow” em poliestireno, fibra de vidro, pigmentos iridescentes, resina, bronze e madeira compensada por Brecht Wright Gander (2019). (Divulgação/Casa.com.br)

Das peças do século XX a serem apresentadas na feira, a galeria Lebreton exibirá uma rara coleção de obras originais de Suzanne Ramié.

Co-fundadora do estúdio de cerâmica Madoura na França, Ramié era uma influente artista, conhecida por experimentar técnicas de queima, esmaltes coloridos e referências aos trabalhos de civilizações antigas.

Lebreton – Design Miami 2018.

Lebreton – Design Miami 2018. (James Harris/Divulgação)

A galeria Moderne exibirá uma seleção de móveis raros, incluindo as famosas espreguiçadeiras speed, de Paul Frankl, e a mesa de café feita em 1933 para seu próprio apartamento em Nova York.

Seguindo adiante na história, a Erik Thomsen Gallery exibirá grandes jarros medievais de cerâmica do Japão. Feitos de forma anônima, os objetos apresentam perfis irregulares e superfícies granuladas e estavam na moda há mais de 400 anos, quando os mestres japoneses de chá os apreciavam por seu wabi-sabi – uma estética tradicional centrada na aceitação de imperfeições.


Design Miami 2019

Quando: de 4 a 8 de dezembro de 2019.

Onde: Miami (Flórida).

Ingressos: aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s