Espaços pequenos são melhores! E nós te damos 7 razões

Além de serem mais fáceis de limpar e organizar, as residências menores são mais personalizáveis e aconchegantes

Por Redação Atualizado em 24 jun 2022, 22h18 - Publicado em 27 jun 2022, 19h00
Sala integrada com outros espaços de estar. Decorado em cinza escuro.
Mariana Orsi/Divulgação

Considerando o preço alto dos aluguéis e imóveis (de tudo na verdade né gente?), principalmente para aqueles que vivem em grandes cidades, muitos estão trabalhando com espaços menores do que gostariam.

Mini loft integrado com mesa de madeira, cama e painel rosa, poltrona eames
Projeto de Pílula Antropofágik Arquitetura Luiza Schreier/Casa.com.br

É por isso que compartilhamos tanto sobre como maximizar o espaço em que você mora. E, embora gostemos de aprender e compartilhar sobre soluções de vida em pequenos espaços, também achamos importante celebrar as muitas vantagens (às vezes ocultas) que vêm com a moradia em quartos apertados.

Dito isso, se você deseja tornar seu pequeno espaço ainda mais aconchegante, continue lendo para saber por que espaços pequenos são os melhores espaços.

1. Eles são ultra aconchegantes

Pequena sala aconchegante.
Renato Navarro/Minha Casa

Você pode pensar na palavra “aconchegante” como um eufemismo que os corretores de imóveis malandros usam para “apertado”, mas viver em espaços pequenos tem vantagens genuínas quando se trata de criar um ambiente aconchegante.

Quando você não tem muito espaço para preencher e gerenciar, é muito mais fácil se concentrar em tornar seu ambiente perfeito. Peças de decoração pequenas e baratas, como velas e almofadas, terão um impacto maior em seu ambiente geral do que em um espaço maior, criando a vibração exata que você procura.

Também é muito mais fácil mudar as coisas quando você estiver pronto para uma mudança.

2. Eles são mais organizados

Apartamento compacto; bancada em madeira; bancada de pia; máquina de lavar
Projeto de Leticia de Nóbrega Arquitetura & Design Lucas Karam/Casa.com.br

Quando você mora em um local apertado, há muito menos espaço para as “coisas” diversas que têm o dom de se acumular em seu espaço, mesmo quando você não precisa, gosta ou usa.

As coisas que não são mais úteis para você se destacam mais, tornando mais fácil limpar a desordem, se organizar e se cercar apenas de coisas úteis ou valiosas. Quando você não está constantemente procurando o que precisa, torna a vida cotidiana e todas as atividades associadas muito mais eficientes.

3. Eles são mais baratos para decorar

Sala de jantar em residência pequena, com um armário suspenso coberto de plantas.
Cacá Brakte/Minha Casa

Pode levar milhares e milhares de reais em móveis e decoração simplesmente para fazer um grande espaço parecer acolhedor, confortável e convidativo.

Mini loft com décor de tons neutros
Projeto assinado pelo escritório Pílula Antropofágik Arquitetura Luiza Schreier/Casa.com.br

Espaços pequenos, por outro lado, tornam a decoração (e redecoração) muito mais simples e acessível. Em vez de muitos móveis grandes e caros, você só precisa de alguns para fazer seu estilo brilhar. E você terá muito dinheiro sobrando para mimos como velas e flores frescas.

4. Eles promovem o minimalismo sem estresse

Quarto com parede de cobogó e paleta cinza
Gabriela Daltro/Casa.com.br
Continua após a publicidade

O minimalismo tem feito grandes ondas no cenário do design de interiores, à medida que mais e mais pessoas estão pegando esse estilo de inspiração escandinava em um esforço para viver de forma mais simples e reduzir o estresse.

Cozinha toda revestida em madeira com bancada. Grande janela
Projeto de J1 Arquitetura e Engenharia Produção visual: Estúdio Cabe/Fotógrafa: Raiana Medina/Casa.com.br

Uma das coisas legais sobre casas pequenas é que elas facilitam a adoção desse estilo sem estresse. Na verdade, o minimalismo é quase uma necessidade para quem está nos menores espaços, como um estúdio, então se você está entre eles, provavelmente já é um mestre minimalista.

5. Eles são mais fáceis de limpar

Loft com quarto integrado à sala
Projeto de Pílula Antropofágik Arquitura Luiza Schreier/Casa.com.br

Esta é definitivamente uma das nossas vantagens favoritas de viver em um espaço pequeno: é muito mais fácil de limpar.

Quanto maior o espaço, mais tempo leva para organizar, arrumar e limpar profundamente, e é muito mais desafiador mantê-lo assim.

Sala de estar e jantar com mesa redonda e sofá branco; estante rosa
Projeto de Mandril Arquitetura Mariana Orsi/Casa.com.br

Quem quer passar horas apenas tentando fazer um espaço parecer habitável? É por isso que espaços fofos e aconchegantes são ótimos para quem encontra paz e tranquilidade quando cercado de ordem e limpeza e não quer investir muito tempo e energia para mantê-lo assim.

6. Eles são mais sustentáveis ​​- ambiental e financeiramente

Sala elegante com sofá salmão e ampla janela.
Gabriela Daltro/Casa.com.br

Não é nenhum segredo que os custos de aquecimento, resfriamento e eletricidade podem afetar seriamente – tanto em nossas carteiras quanto no meio ambiente.

Quando você compara a conta de eletricidade de alguém que mora em uma residência imensa com outro que vive em uma pequena, a diferença pode ser monumental.

Sala de estar com tijolinhos brancos na parede
Projeto do Estúdio Maré Felco | Produção: Bendita Bossa/Casa.com.br

Viver em um imóvel menor significa uma séria redução nas despesas mensais, bem como o impacto da sua casa na nossa amada mãe natureza.

7. Eles são mais fáceis de personalizar

Sala de estar integrada com cozinha
Projeto de Antonio Armando de Araujo Julia Ribeiro/Casa.com.br

Já entrou em uma grande casa que parece mais um museu do que a casa de alguém que você conhece e se importa? Não é a mais familiar ou acolhedora das vibrações.

Se você é como nós, quer que seu espaço seja um reflexo de você e de suas sensibilidades de estilo pessoal. Espaços pequenos, com sua superfície limitada e espaço na parede, tornam isso muito mais fácil de alcançar.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade