Casa Created with Sketch.

Apartamento de 19 m² ganha espaço com mesa voadora

Os arquitetos criaram uma maneira interessante de economizar espaço e aumentar a habitabilidade da planta interna, instalando uma "mesa voadora"

 (Reprodução/Casa.com.br)

Mais uma vez: não estamos romantizando os pequenos espaços. Mas é função da arquitetura (e nossa também de divulgar essas tendências), buscar soluções e medidas para o novo conceito do morar. E sabemos que as metragens reduzidas estão em alta.

A exemplo disso, trazemos o projeto do escritório francês que transformou recentemente um microapartamento, localizado na estação de esqui Les Arcs 1800, em Bourg-Saint-Maurice, na França, com técnicas inovadoras de economia de espaço. 

 (Reprodução/Casa.com.br)

Originalmente projetado pela arquiteta francesa Charlotte Perriand, na década de 1960, o estúdio Coudamy Architectures procurou preservar o design de interiores retrô, aprimorando o apartamento de 19 m² com algumas novas atualizações para economizar espaço.

 (Reprodução/Casa.com.br)

Os arquitetos criaram uma maneira interessante de economizar espaço e aumentar a habitabilidade da planta interna, instalando uma “mesa voadora”Aproveitando os pé direito duplo, uma mesa de jantar branca translúcida com sistema de polias foi instalada, permitindo que ela fosse levantada em direção ao teto quando não estiver em uso. Quando elevada, cria uma luz difusa, sem comprometer a iluminação do espaço.

 (Reprodução/Casa.com.br)

O apartamento possui também uma cozinha de madeira original da década de 1960; banheiro e sofá embutido. O nível elevado do mezanino foi aprimorado para incluir uma cama de casal oculta.

 (Reprodução/Casa.com.br)

As peças de mobiliário introduzidas pela Coudamy são projetadas em torno de uma geometria pura e simples. Dessa maneira, as adições estabelecem um diálogo ousado com o estilo modernista de Perriand.

 (Reprodução/Casa.com.br)

No geral, este microapartamento foi atualizado com elementos luminosos e frescos, que economizam espaço, melhorando os espaços internos e a estadia geral dos hóspedes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s