Casa Created with Sketch.

DIY: Como fazer sua própria planta flutuante que parece mágica

Quer decorar sua casa com plantinhas suspensas e voadoras? Confira o passo a passo deste incrível vaso flutuante super fácil de fazer!

Já imaginou ter plantinhas flutuantes e voadoras espalhadas pela casa? O que parece mais cenário de um filme futurista já é realidade com o floating air bonsai garden, o bonsai levitante criado por uma empresa japonesa, e com o Lyfe — vasinho que também flutua e acomoda plantas aéreas. O único porém é que ambos têm um preço salgado: o bonsai custa a partir de 858,90 reais, enquanto o Lyfe não sai por menos de 781,44 reais.

Pensando nisso, o americano Jeff Olson desenvolveu sua própria planta flutuante e (felizmente) compartilhou o projeto no site Makezine. No total, ele gastou entre 140 e 160 dólares em materiais — quase metade do valor que gastaria para comprar as plantinhas já prontas. Confira o passo a passo deste incrível vaso flutuante super fácil de fazer!

Você vai precisar de:

– um bom eletroímã (Jeff colocou o mesmo modelo que usou no projeto à venda em seu site)

– uma caixa grande o suficiente para acomodar o eletroímã e que servirá de base para sua planta

– uma lata de alumínio usada ou vaso de metal sua preferência

Como fazer:

1. Faça uma abertura para o cabo de força na caixa que servirá de suporte para o vaso ou a lata

(Jeff Olson/Reprodução)

2. Conecte o cabo de alimentação à base do eletroímã e feche a caixa. Se a caixa escolhida for muito funda, você deve elevar o eletroímã para cima, de modo que esteja o mais próximo possível da tampa.

(Jeff Olson/Reprodução)

3. Corte o topo da lata de metal usando um abridor comum de cozinha

4. Coloque o ímã do disco de levitação na parte inferior da lata. Se ela for de aço ou outro metal, não há necessidade de usar cola, pois o ímã se mantém bem fixo. Caso use outro recipiente ou vaso, você precisará colar o ímã de levitação na parte inferior.

(Jeff Olson//DIY: Como fazer sua própria planta flutuante que parece mágica/Reprodução)

Dica: não suspenda o disco sem antes colocar algum tipo de proteção sobre a base do eletroímã. Os ímãs podem ser danificados se baterem diretamente entre eles.

5. Coloque sua plantinha dentro da lata ou vaso.

Como usá-lo:

Pode ser um pouco complicado de encontrar o ponto correto de levitação, mas com o tempo fica mais fácil. Certifique-se de que a base esteja conectada e mantenha os objetos metálicos do ambiente afastados para não interferir no ímã.

Segure o disco magnético cerca de 15 cm acima da base. Abaixe o disco com as duas mãos diretamente sobre o centro da base, mantendo-o nivelado até sentir a força magnética ascendente que suporta o peso do disco. Solte suavemente, mantendo-o centrado e nivelado.

Se ele cair, não se preocupe: basta levantar o disco e tentar novamente, quantas vezes for preciso até dar certo. Seu novo vaso flutuante girará suavemente por horas, permitindo que a planta receba luz solar de todos os ângulos.

Veja também:

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s