Madeira ou concreto armado? O que melhor para construir?

O que é mais adequado para construir a estrutura da casa. O arquiteto Márcio Moraes esclarece. 

Por Da redação Atualizado em 14 dez 2016, 12h19 - Publicado em 17 dez 2013, 21h24

Qual é a diferença entre o custo de construir com madeira e com concreto? @ Simony Hechenberger

A primeira opção custa mais e requer mão de obra especializada, mas também traz vantagens do ponto de vista ambiental e de projeto. A estrutura de madeira custa, em média, 30% a mais que a de concreto armado. O valor pode variar para menos se houver por perto fornecedores que possuem produtos certificados pelos órgãos responsáveis (Ibama, Inmetro), e se a variedade escolhida estiver disponível na região. Em relação à planta, o preço diminui se o desenho revelar vãos menores que 6 m, se não abusar de balanços e se tiver beirais largos, pois eles protegem a estrutura, tornando a manutenção mais barata. No caso de obras em terrenos acidentados, com acesso difícil, a madeira é uma proposta econômica e tecnicamente coerente, por ser mais leve, permitir a manufatura da peça em outro lugar e exigir fundação menos robusta. O material leva vantagem também no custo da manutenção ao longo do tempo. Apesar de ser feita com maior frequência, a cada dois ou três anos, ela quase sempre se resume à reaplicação de verniz ou stain. O concreto, por sua vez, além de receber proteção superfcial, tinta ou verniz a cada cinco anos, pode vir a apresentar descascamentos, fissuras e corrosão na armadura, casos que exigem uma intervenção cara. Lembre-se: para a estrutura da casa, as melhores opções são as espécies mais pesadas, com densidade alta (acima de 800 kg/m3), como cumaru, jatobá, maçaranduba, pequiá, itaúba-preta etc. O planejamento possibilita o dimensionamento exato das peças, o que evita o desperdício. Márcio Moraes, arquiteto

Como escolher

Confira no quadro abaixo as principais características das duas estruturas:

tabela (2)
Continua após a publicidade

Publicidade