O que a moradia sustentável tem?

Estande demonstra os conceitos fundamentais

Por Joana L. Baracuhy Atualizado em 14 dez 2016, 12h30 - Publicado em 25 set 2014, 15h50
01-o-que-a-moradia-sustentavel-tem

No pavilhão erguido na Expo Sustentável (iniciativa da consultora Inovatech Engenharia), tudo começa pela arquitetura. Projetada por Rodrigo Mindlin Loeb, a Casa Aqua valoriza os princípios bioclimáticos: captação de chuva, cobertura verde, edificação suspensa do terreno e autogeração de energia, entre outros. Mas não só. “A ideia é mostrar que, para obter uma casa sustentável, precisamos incorporar recursos contemporâneos.” A ênfase, portanto, foi na construção seca, sem água ou concreto. Na ocasião, lançou-se, ainda, o portal www.casaaqua.com.br, com vídeos e tira-dúvidas.

Fechamento fácil: próprio para vedar e travar a estrutura de construções secas, o LP OSB Home Plus estrutural vai bem em forros e paredes. Os painéis LP Brasil (1,20 x 2,40 m, com 1,1 cm de espessura) valem R$ 45 cada um, na Leo Construção.

Recurso certificado: o eucalipto de reflorestamento com o selo do Conselho de manejo Florestal (FSC) compõe o pergolado. Uma estrutura semelhante de 2 x 4 m, com peças de 5 x 10 cm, 5 x 15 cm e 15 x 15 cm, sai por R$ 600, na paranaense Madvei (frete à parte).

Vento e sol: dimensionada pelo fabricante Windeo, a solução combinada fornece metade da energia necessária a uma morada urbana para quatro pessoas. São duas turbinas do modelo Nera 700 (vendidas por R$ 3790) e 12 placas fotovoltaicas.

Continua após a publicidade

Publicidade