Casa Created with Sketch.

Decoração despojada e colorida no apartamento de Zeca Camargo

À frente do projeto, o arquiteto Felipe Guerra investiu em tons de azul e uma base neutra no apartamento localizado no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro

Uma proposta moderna, despojada e que transparece calmaria foi o resultado da reforma de um apartamento com mais de 60 anos localizado no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro. O morador é ninguém menos do que apresentador e jornalista Zeca Camargo. 

 (Fotos: MCA Estúdio / Divulgação/Casa.com.br)

A atmosfera calma do local foi idealizada pelo arquiteto curitibano Felipe Guerra, que optou por abrir mão de 70% das paredes originais do imóvel, criando um espaço integrado entre sala de estar, jantar e cozinha. 

 (Fotos: MCA Estúdio / Divulgação/Casa.com.br)

Ao remover as paredes, o local ficou bem mais amplo e com maior possibilidade de circulação para o morador. 

Espaço mais intimista

Em diferentes nuances, o teto azul turquesa na área social contrasta com a base neutra do restante do ambiente e valoriza o pé direito de 3 metros. 

Pintar o teto pode passar uma sensação de menor amplitude, mas nesse caso, o arquiteto utilizou uma tonalidade clara, que traz o foco e a atenção para o teto – e de quebra incluiu outros recursos para reforçar a circulação e aproveitar os espaços da parede, como prateleiras no topo e móveis mais baixos. 

 (Fotos: MCA Estúdio / Divulgação/Casa.com.br)

Ladrilhos em tons de azul e branco fizeram bonito na parede da cozinha e no piso, deixando uma harmonia instigante e incluindo uma estampa divertida ao décor.

Para criar uma atmosfera intimista e natural, o projeto contou com itens de madeira nas cadeiras, no painel ao fundo do sofá e na mesa, além de uma planta quase na altura do teto. 

Como toque final, mas não menos importante, itens de artesanato foram incorporados, deixando o visual praiano ainda mais evidente.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.