Cozinha pode ser integrada ou se manter isolada neste apê

Com esquadrias bem planejadas no lugar de paredes, a cozinha deste apartamento se integra à área social ou permanece isolada, conforme o desejo do casal de proprietários. 

Por Por Eliana Medina e Rosele Martins Fotos: Gabriel Arantes Atualizado em 20 dez 2016, 19h00 - Publicado em 18 nov 2010, 09h31

Pergunte a qualquer morador de um imóvel com a cozinha integrada à sala qual o maior inconveniente da falta de divisórias e a resposta será a mesma: a obrigação de manter tudo sempre arrumado. Pois essa questão não aflige os proprietários deste apartamento em São Paulo. Graças a esquadrias que compõem a divisória com o living, o casal tem tanto a liberdade de acumular louça na pia quanto a chance de preparar os pratos que deseja sem se preocupar com o cheiro de comida invadindo outros cômodos. Ao mesmo tempo, consegue reunir amigos ao redor do fogão quando a gastronomia é o tema dos encontros. Mas não foi sempre assim – nos quase 40 anos anteriores de uso da moradia, havia paredes onde hoje se encontram portas de correr e do tipo camarão. Quem desenhou as peças novas foi o arquiteto José Luiz Favaro, responsável pela remodelação que conectou os espaços. Na lateral, a esquadria desliza por trilhos e não rouba espaço da circulação; próximo ao jantar, se encolhe para revelar bancadas de refeições e de preparo dos alimentos.

Publicidade