Com azulejo ou pintura

Banheiro escuro e marrom ganha nova vida depois da reforma

Por Da redação Atualizado em 20 dez 2016, 18h23 - Publicado em 4 dez 2006, 11h09
Os bidês saíram e, assim, o boxe ficou maior.

Os dois ambientes de 2,70 m2 deste apartamento já tiveram paredes de fórmica marrom e louças escuras, o que fazia com que parecessem apertados. Com a reforma das arquitetas Leila Bittencourt e Marise Marini, do Rio de Janeiro, tudo mudou. “Para não perder tempo, definimos o projeto e compramos os materiais com antecedência”, diz Marise. Os banheiros ficaram mais amplos com os revestimentos claros e com as bancadas de mármore branco (substituíram o granito marrom de 50 cm de profundidade). As novas, de 30 cm, fazem uma curva para abraçar a pia. Um vidro fixo fecha parcialmente o boxe.

Materiais usados

Banheiro pintado:

Cerâmica (7,85 m2, Portobello, 10 x 10 cm)

1 galão de tinta (Tintas International)

Tubulação

Banheiro azulejado:

Continua após a publicidade

Cerâmica (16,40 m2, Portobello, 10 x 10 cm)

Tubulação

Acabamentos em comum:

Mármore branco extra (piso, rodapé e bancada, Marmoraria Grani House)

Metais (torneira, chuveiro e misturadores, Deca)

Louças (vaso e cuba, Deca)

Boxe (Blindex 8 mm, 1,80 x 0,90 m)

Espelho (80 cm de diâmetro)

A bancada com prateleiras oferece espaço às toalhas. Um título para uma foto sem titulo

Continua após a publicidade

Publicidade