Casa se apropria do cume da montanha para usufruir da vista

O escritório Mork-Ulnes Architects planejou um refúgio pré-moldado de 105 m², que serpenteia entre os troncos retorcidos, disposto a se camuflar em meio às árvores

Por Denise Gustavsen Atualizado em 20 dez 2016, 18h06 - Publicado em 19 set 2014, 21h35

Poupar os antigos carvalhos, desfrutar da paisagem e gastar pouco. Diante dessas premissas, o escritório Mork-Ulnes Architects planejou um refúgio pré-moldado de 105 m², que serpenteia entre os troncos retorcidos, disposto a se camuflar em meio às árvores. A construção ganhou face externa de aço, placas de bétula nas paredes internas e piso de osb.

01-casa-arquitetura-escritório

Traçado esguio. Uma pequena base de concreto nivela o bloco da entrada em relação ao terreno.

02-casa-arquitetura-escritório

Pouso sereno. Apoiado em palaftas de aço, o restante da estrutura mal toca o solo.

03-casa-arquitetura-escritório

Interior surpreendente. Estrategicamente posicionadas, as estantes fxas de compensado atuam como divisórias.

Continua após a publicidade

Publicidade