Bixiga quer mudar para a Copa de 2014

Alunos de arquitetura e urbanismo da Universidade Mackenzie e o escritório Zoom Arquitetura se unem à Rede Social da Bela Vista para propor mudanças na paisagem urbana da tradicional região paulistana

Por Por Vanessa D'Amaro Atualizado em 14 dez 2016, 11h18 - Publicado em 19 nov 2010, 18h00
A proposta de revitalização da Bela Vista inclui a ampliação de áreas ve...

O plano Bixiga 2014 é mais do que uma proposta de revitalização desta região paulistana, parte do bairro da Bela Vista, para a Copa do Mundo de 2014 que acontece no Brasil. Realizado pela Rede Social da Bela Vista em conjunto com alunos de arquitetura e urbanismo da Universidade Mackenzie e o escritório Zoom Arquitetura, o projeto prevê a transformação física do bairro e o desenvolvimento de sua população durante os quatros anos em que a cidade de São Paulo se prepara para o mundial. “A revitalização destas áreas é uma estratégia de mudança, um mote de transformação na vida dos habitantes do Bixiga. É a oportunidade de recuperar o patrimônio histórico e promover a inclusão social”, comenta Renata Moura, da Rede Social da Bela Vista. A questão da moradia é um dos principais problemas do Bixiga. Por ser um dos bairros de São Paulo com a maior quantidade de edifícios tombados pelo patrimônio histórico – são cerca de 900 -, muitos deles foram abandonados e os interiores estão deteriorados. Alguns se transformaram em cortiços e abrigam diversas famílias. “Nós não queremos que estas pessoas que moram em cortiços abandonem a região. Pelo contrário, queremos criar melhores condições de desenvolvimento e de moradia”, explica Paulo Santiago, diretor geral da Associação Novolhar. Centros de cultura, teatro e escolas de música e gastronomia fazem parte do plano. Para mudar a paisagem urbana, os arquitetos propõem a criação de faixas verdes que ampliariam as ilhas centrais das vias do bairro e criariam espaços de recreação e pistas de ciclismo. Os cinemas ao ar livre também são importantes no projeto: as escadarias da Praça Dom Orione e da rua Avanhandava se transformariam em grandes anfiteatros que serviriam de pontos de encontro para a comunidade durante os jogos da Copa do Mundo de 2014. Conheça algumas das propostas abaixo.

As ruas do bairro seriam ampliadas e as ilhas centrais ofereceriam opções d... As ilhas centrais teriam playground para crianças brincarem. A escadaria na Praça Dom Orione seria transformada num grande cinema ao ar l... Na rua Avanhandava, a escadaria também seria transformada em um cinema ao ar...

Publicidade