Assim como o Tinder, app da ‘match’ em usuário e imóveis compatíveis

Chamado Meu Imóvel, o aplicativo e site utiliza o perfil do usuário para buscar imóveis que atendam às expectativas do futuro morador

Por Mariana Bruno Atualizado em 19 jan 2017, 13h10 - Publicado em 14 set 2016, 17h09

Um serviço customizado que monta um perfil do usuário para então buscar os imóveis que se encaixam melhor com as expectativas: essa é a ideia por trás do site e aplicativo Meu Imóvel, fundado em 2015 pelos irmãos Rafael e José Eduardo Pizzotti Machado. 

abre-app-imobiliario-meu-imovel-da-match-usuarios-imoveis

Tamanho da família, amenidades, número de carros e valor desejado são algumas das informações que a ferramenta utiliza para refinar a busca por imóveis e, assim, economizar o tempo de pesquisa.

01-app-imobiliario-meu-imovel-da-match-usuarios-imoveis

O usuário pode, inclusive, procurar casas e apartamentos que sejam próximos a um lugar específico, como uma escola ou escritório, por exemplo. “Quando o usuário adota o critério ‘bairro’, pode deixar de ver uma oferta na rua de cima que pode muito bem ser boa para ele. Para ser mais preciso, o ideal é filtrar traçando um raio a partir de um local, o que a maioria das plataformas não faz. Nossa ferramenta busca cobrir esse gap”, explica Rafael Pizzotti Machado.

Depois de selecionar um imóvel, o contato com a construtora pode ser feito pelo próprio site. Por enquanto, a ferramenta somente contabiliza lançamentos empreendimentos em construção ou prontos para morar no estado de São Paulo. O aplicativo é gratuito e está disponível para Android e iOS.

Confira mais detalhes no vídeo abaixo:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=0IefvmtDlk4%5D

Continua após a publicidade

Publicidade