Casa Created with Sketch.

Antiguidades dão o tom em casa no centro histórico de Salvador

Esta casa tem história: depois da reforma do sobrado do século 19, que fica em frente ao Convento do Carmo, o morador garimpou a decoração em demolições e em seu próprio acervo 

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

A construção estreita e de porta e janelas com desenho arredondado chama a atenção de quem caminha pelo Carmo, um corredor de paralelepípedos, no centro histórico de Salvador. Da porta de entrada, tem-se a visão do andar inteiro, até o mar, lá no fundo. A construção do século 19 ficou em reforma por pouco mais de um ano, menos pelo quebra-quebra e mais pela escolha cuidadosa de revestimentos, portas internas e móveis. Pouco foi comprado em loja: quase tudo foi garimpado em demolições e resgatado do acervo do próprio dono, Paulo Vaz, artista plástico colecionador de antiguidades. Resultado: em cada detalhe, sente-se a presença de arte e história. “Nem parece que tudo aqui passou por uma reforma recente”, diz. Os ambientes trazem uma diferença sutil de estilos, mas todos com uma aura de antigamente e em perfeita harmonia. Conheça também a história do casarão mineiro dos anos 1920 que foi restaurado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s