Casa Created with Sketch.

Espaço da Coral na CASACOR São Paulo destaca o uso das cores

Inspirado em um caleidoscópio, o Loft Caleidoscoop Coral propõe aos visitantes mais ousadia na escolha da paleta da casa

Apesar de ser comum ter dúvidas na hora de escolher uma cor mais forte para um ambiente, é preciso ter em mente que, com criatividade, o espaço pode ser completamente transformado pelos tons colocados nas paredes. Os ambientes da edição 2018 da CASACOR São Paulo são ótimos exemplos disso e podem servir de inspiração para quem quer mudar o visual da casa sem grandes reformas e com orçamento mais justo. A convite da Coral, marca oficial de tintas da CASACOR, o arquiteto Maicon Antoniolli criou o Loft Caleidoscoop Coral, no qual as cores são o grande destaque. As paredes foram pintadas de forma a darem a ilusão de se estar dentro de um caleidoscópio, com diferentes planos e formas arquitetônicas.

“O caleidoscópio tem três faces, cada uma com um espelho que reflete a luz de maneira aleatória, sempre harmonizando as cores. A ideia do espaço é trabalhar com três reflexões sobre o uso da cor: a composição, a distorção e a fragmentação”, explica Antoniolli. As cores utilizadas pelo arquiteto foram Azul Puro, Creme Brulée, Explosão Cítrica, Floresta Amazônica, Madeira Enfumaçada e Rosa Irlandesa.

Quer saber como é estar dentro de um ambiente caleidoscópio? Confira aqui:

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=N0xCgs0AN5Y&w=560&h=315]

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=57Shu2fckvs&w=560&h=315]

Por ser um loft, o espaço conta ainda com uma área de cozinha e outra de estar, além de uma aconchegante suíte.

Outros ambientes da mostra também ousaram na cor e o resultado é bastante inspirador. O Hall da Biblioteca, criado por Bruno Carvalho, por exemplo, explora tons de azul, trazendo uma conexão com a natureza. “Além de eu gostar muito dessa cor, a elegi porque remete ao mar e ao céu, que simbolizam descanso, viagens, conhecer novos lugares”, afirma o arquiteto.

Para passear pelo ambiente, clique na imagem abaixo:

[vr url=https://casa.abril.com.br/wp-content/uploads/2018/06/bruno_carvalho_panorama1.jpg?quality=95&strip=info view=360]

As paredes levam a cor Olho Grego e a lareira, o Azul Imponente, da Coral. Também aparecem as nuances Azul Tibet, Corrente Oceânica, Bola de Basquete, Pena Prateada e Pote de Argila.

Já no espaço projetado pela designer de interiores Clarisse Reade, junto com as decoradoras Carolina Reade e Adriana Pereira, antiguidades se misturam a peças contemporâneas, como uma grande galeria de design.

[vr url=https://casa.abril.com.br/wp-content/uploads/2018/06/clarisse_reader_panorama.jpg?quality=95&strip=info view=360]

As paredes, o teto e o rodapé receberam um sofisticado verde-acinzentado da Coral, que é a cor Chafariz da Praça. “A uniformização da cor nessas superfícies ajuda a destacar os móveis e as obras de arte”, diz Clarisse.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.