Casa Created with Sketch.

Um jantar bacana em apenas 4 horas

Acostumado a organizações de última hora, o banqueteiro e decorador José Roberto Moreira do Valle não se aperta.

“O mais importante é fazer um bom planejamento e priorizar um cardápio fácil de executar”, ensina o pernambucano. Para essa noite, ele acaba de convidar três amigos para um jantar, com direito a entrada, dois pratos e sobremesa

Você não tem um jogo americano de ratã da Indonésia, como esse que aparec...

 (/)

Se fizer uma lista, em 20 minutos você tem tudo de que precisa na mão.

 (/)

 

17:00h – Organize as compras

No fim da tarde, José Roberto sai do escritório rumo ao supermercado. “Esse é o primeiro passo, depois de estipular o número de convidados”, conta o anfitrião, que ainda não definiu o cardápio. “Gosto de ver as ofertas e bolar o menu na hora. Mas quem não é muito amigo da cozinha deve listar os ingredientes antes de ir às compras.” Em 20 minutos, ele percorreu as gôndolas, nas quais escolheu um melão e arrematou medalhões de filé mignon já cortados. “Hoje, os supermercados oferecem o máximo de produtos que facilitam a vida dos clientes, como saladas pré-lavadas”, observa. Dica do especialista: para não se apertar na hora da pressa, experimente deixar na despensa alguns itens curinga, a exemplo de amêndoas salgadas, azeitonas, minicenouras e queijos brie e roquefort, que funcionam como aperitivo. Um pacote de macarrão, polpa de tomate em lata e parmesão ralado são também providenciais em reuniões de última hora. “Outra opção é ter em casa vasos plantados com manjericão, hortelã e outros temperos”, lembra.

Deixar os ingredientes no jeito facilita a confecção dos pratos.

 (/)

 

18:30h – Agilize o trabalho

Assim que chega em casa, José Roberto segue diretamente para a cozinha, onde vai cumprir o ritual que os chefs costumam chamar de pré-preparo. É hora de deixar no jeito e sempre à mão os ingredientes que serão utilizados na confecção dos pratos. “Parece banal, porém essa tarefa simples poupa tempo e evita o estresse do cozinheiro”, diz, se lembrando de uma ocasião em que foi jantar na casa de um casal amigo. “Cheguei às 8 da noite morrendo de fome e a comida só saiu à meia-noite, pois os ingredientes eram picados demoradamente nos intervalos das conversas”, conta, divertido. Aqui, o prevenido anfitrião tratou de fatiar o melão, além de cortar o cheiro-verde e também os legumes. A tarefa não consumiu mais de 30 minutos. Tudo fica disposto em travessas, que podem ser de aço inox, vidro, cerâmica ou porcelana. “Para facilitar a visualização, escolho recipientes de diferentes tamanhos. De quebra, isso deixa a cozinha mais limpa e organizada”, complementa. Bowls das lojas Spicy e Bacco’s.

Encontrar a mesa posta ao chegar, impressiona as visitas.

 (/)

 

19:00h – Vista a mesa

Antes de mais nada, reúna tudo o que pretende utilizar: talheres, guardanapos, pratos e taças. Para reforçar o clima informal, José Roberto optou pelo jogo americano no lugar da toalha – os da foto são de ratã, da Indoasia. Da mesma loja vem o descanso de panela de madeira, que se transformou em pratinho de pão. Por fim, ele misturou copos de tamanhos variados e talheres de diferentes conjuntos. “Livre de regras, essa é uma arrumação mais charmosa e descontraída”, defende. A sintonia fina entre a comida e a bebida é outro ponto de atenção. Para acompanhar o medalhão de filé mignon grelhado com pupunha ao molho oriental, que integra o cardápio da noite, o anfitrião elegeu um vinho tinto. “Cerca de duas horas antes do jantar, coloco a bebida no decanter para que ela possa respirar e ganhar um sabor mais suave”, ensina. Se optar pelo vinho branco, o complemento ideal para peixes e massas recheadas com queijo, coloque as garrafas em baldes de gelo pelo menos 20 minutos antes de servir. Taças da Art Mix.

A ordem de preparação depende do cardápio. José Roberto começou com a en...

 (/)

 

19:45h – Prepare a comida

Lembre: a escolha do cardápio está relacionada a uma série de fatores. “O clima é um deles. Dias frios pedem alimentos mais temperados, e dias quentes, refeições suaves”, recomenda o banqueteiro. Seguindo essa proposta, o cardápio de verão elaborado por ele é composto, além do medalhão grelhado, de outras delícias fáceis de fazer (confira nas próximas páginas). “Quem vive hoje nas grandes cidades não encontra mais tempo para preparar pratos complicados. Nesse caso, é melhor marcar o encontro em um restaurante ou encomendar a comida a um bufê”, diz. José Roberto se dedicou primeiramente à confecção da entrada – um creme frio de melão com limão e hortelã. Na seqüência, foi a vez do tartar de salmão com purê de mandioquinha, wasabi e gengibre crocante. Depois, pouco antes da chegada dos convidados, o anfitrião untou a frigideira para grelhar a carne vermelha – que, por sinal, pode ser substituída por filé de frango. “É uma hora divertida, pois o preparo dos alimentos é um festival de aromas”, constata.

Você acende as velas, os amigos vão chegando e, agora, é só aproveitar.

 (/)

 

21:00h – Bom apetite!

Tudo pronto, sem estresse. Em nome da praticidade, as delícias – como o filé com pupunha e molho oriental, na foto ao lado – são trazidas pelo próprio anfitrião e já chegam montadas à mesa. “Além de requintada, essa forma de servir dispensa o uso de travessas entulhando a mesa e depois a pia da cozinha”, explica. Observe que mesmo com tempo exíguo é possível caprichar na apresentação dos pratos. Afinal, não basta que o menu seja apetitoso, deve também impressionar os olhos, como acredita José Roberto, com a experiência de ter servido clientes estrelados, do quilate da apresentadora Adriane Galisteu, da top model Gisele Bündchen e da empresária Paloma Picasso. “Experimente dar um toque contemporâneo ao empilhar a comida em forma de pirâmide”, diz. Tanto capricho em compor o visual dos pratos se revela de fato um trunfo. Afinal, quem diria que a glamourosa sobremesa programada para arrematar a noite é resultado da mescla de um prosaico pacote de cookies, um pote de sorvete e um vidro de geléia?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s