Casa Created with Sketch.

Conheça alternativas sustentáveis à cápsula de café

Uma cápsula de café leva no mínimo 400 anos para se decompor. Que tal aproveitar um café com consciência e cuidar da natureza?

A paixão mundial pelo café surgiu a partir dos grãos. Algum tempo depois surgiu o café instantâneo, que é facilmente preparado – basta dissolvê-lo em água ou leite quente. Em 1986 as cápsulas de café foram comercializadas pela primeira vez, mas somente na última década atraiu consumidores em todo o globo. Com a popularização das cápsulas, novos sabores começaram a surgir: capuccino, chocolate quente, chocolate frio e muito mais. Esse tipo de consumo se tornou o novo xodó de quem gosta de consumir bebidas de cafeterias com mais praticidade, em casa ou no escritório.

Cápsulas de café

Cápsulas de café (Divulgação/Casa.com.br)

Segundo dados de mercado, apenas em 2015, sete mil toneladas de cápsulas foram consumidas no Brasil. John Sylvan, o criador destas cápsulas afirmou ao jornal The Atlantic que se arrependia da criação: “Não importa o que digam, as cápsulas nunca serão recicláveis”.

Na teoria, estas cápsulas são recicláveis e recicladas, mas isso demanda recursos como energia, transporte e água. Além disso, para o objeto ser realmente reciclado, ele precisa ser levado ao ponto de coleta correto. Dessa forma, as cápsulas causam muito mais impacto ambiental do que sacos de café, devido à composição do material. Separamos aqui diversas formas de aproveitar seu cafézinho sem destruir a natureza!

 (Divulgação/Giphy)

O bom e velho filtro de pano

Não há nada tão caseiro quanto um café passado no filtro de pano. A preparação é muito simples: basta ferver água filtrada em uma chaleira, adicionar a quantidade necessária de pó de café em um coador de pano – posicionado sobre o bule. Quando a água estiver fervendo, ainda sem borbulhar, desligue o fogo e despeje-a sobre o coador. A dica é não fervê-la por muito tempo para não cozinhar o pó.

O filtro de pano pode ter tamanho individual, para apenas uma xícara, ou maior, para preparar um bule cheio.

O filtro de pano pode ter tamanho individual, para apenas uma xícara, ou maior, para preparar um bule cheio. (Reprodução/Casa.com.br)

Para limpar o objeto, vire-o do avesso e lave com água quente.

Coador de papel

Este tipo de preparo não é o mais sustentável por não ser zero waste, mas o impacto causado pelos filtros de papel é menor do que o das cápsulas. O processo de preparo é idêntico ao com coador de pano, a diferença é que neste, depois que o café estiver pronto, o filtro deve ser descartado.

Filtro de papel.

Filtro de papel. (Divulgação/Casa.com.br)

Aposte em pós de café mais finos ou médios para não permitir a passagem do pó para o bule.

Prensa Francesa

A prensa francesa é conhecida por manter a oleosidade do café ao processá-lo. Com essa técnica, a bebida fica com um sabor mais arrojado. Escalde a prensa com água filtrada quente para pré-aquecer o recipiente.

Prensa francesa.

Prensa francesa. (Divulgação/Casa.com.br)

Use um café moído mais grosso e adicione água quente. Tampe e aguarde. Após alguns minutos, pressione a prensa e sirva.

Café em Filtro Chemex

O formato do filtro Chemex lembra o de uma ampulheta. Para preparar um bom café, coloque o filtro no espaço para coar. Coloque a quantidade necessária de pó, preferencialmente de um tipo mais grosso.

Filtro Chemex

Filtro Chemex (Divulgação/Casa.com.br)

Despeje a água aos poucos até molhar todo o pó. Use uma colher ou um pauzinho para mexer o conteúdo do filtro e garantir que nenhuma parte do pó ficou seca. Assim que o café estiver umedecido, adicione mais água, sempre aos poucos, até que termine de coar.

Cafeteira Italiana

A cafeteira italiana é a escolha ideal para quem gosta de um café mais forte. Nela, o café e feito através da pressão do vapor – que é produzido a partir da água fervente. A cafeteira tem dois compartimentos. No inferior, coloque água até encher.

Cafeteira italiana.

Cafeteira italiana. (Divulgação/Casa.com.br)

Na superior, coloque um pó de café mais fino na cestinha de metal e posicione-a no lugar indicado. Leve a cafeteira a fogo alto. Fique de olho durante o processo de fervura. Assim que o recipiente de cima estiver cheio, significa que está pronto para servir.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s