Casa Created with Sketch.

5 dicas para incorporar o Wabi Sabi na sua casa

Veja como levar o conceito que abraça o essencial e o imperfeito em busca de trazer felicidade e conforto para dentro de casa

 (Letícia Almeida/the spruce)

O que é

Uma tendência que está sendo muito abraçada, o Wabi-sabi é um termo japonês que significa encontrar a beleza na imperfeição. “Wabi” é sobre viver com humildade e simplicidade enquanto está em harmonia com a natureza; já “sabi” é definido como a capacidade de aceitar o ciclo de vida de qualquer coisa como ela é – com falhas e tudo.

No contexto de design e decoração de interiores, uma casa wabi-sabi é aquela que abraça a autenticidade, valoriza o ambiente amoroso e vivido e promove uma sensação geral de paz e tranquilidade usando a simplicidade.

Casa Contêiner Cosentino, projeto de Marília Pellegrini para CASACOR São Paulo 2019

Casa Contêiner Cosentino, projeto de Marília Pellegrini para CASACOR São Paulo 2019 (Rômulo Fialdini/CASACOR)

Em vez de sempre adicionar as novidades mais recentes ou ter uma obsessão em tornar cada detalhe perfeito, os que adotam os interiores wabi-sabi encontram harmonia na autenticidade e na imperfeição. Essa abordagem pode muito bem ser o antídoto que você está procurando no mundo caótico e obcecado pela perfeição em que vivemos.

Espaço Zen Deca, projeto por André Carício para CASACOR Pernambuco 2019

Espaço Zen Deca, projeto por André Carício para CASACOR Pernambuco 2019 (Denílson Machado/CASACOR)

Claro, ideias abstratas como wabi-sabi nem sempre são as mais fáceis de aplicar, por isso aqui estão algumas dicas e truques básicos que vão ajudar a dar à sua casa boas energias, aconchego e alegria!

1. Artesanal e o Caseiro

Wabi-sabi tem tudo a ver com abraçar e celebrar a autenticidade onde quer que ela possa ser encontrada, e não há nada mais autêntico do que uma decoração caseira e toques artesanais.

 (Letícia Almeida/the spruce)

Um vaso que você encontrou nas férias, arte em tecido que você mesmo fez ou cerâmica de um mercado local são todos elementos caseiros que vão realçar a sensação calorosa e única do seu espaço – uma das características mais importantes do wabi-sabi.

Veja também

2. Organização

Só porque o wabi-sabi valoriza a imperfeição não significa que seja a favor do caos cheio de desordem. Uma casa wabi-sabi deve ser livre de bagunça a fim de inspirar sentimentos de paz e tranquilidade, mas não de um jeito obsessivo.

 (Letícia Almeida/the spruce)

Se você adere a uma estética minimalista, já está na metade do caminho – mas apenas na metade. Lembre-se de que não se trata de simplicidade pela simplicidade; é mais sobre ter um senso de organização para conseguir a sensação de calma em casa.

3. Natureza

Materiais orgânicos e elementos da natureza são os principais componentes de uma casa wabi-sabi, devido às vibrações universalmente boas que eles trazem. Além disso, as impurezas naturais encontradas nas plantas, madeira e pedra são ótimas lembranças diárias da beleza que pode ser encontrada na imperfeição.

 (Letícia Almeida/the spruce)

Para aumentar ainda mais essas boas vibrações, integre móveis de madeira, flores frescas e quantas plantas seu coração desejar. E se não tiver mão para plantas, vá atrás de algumas suculentas, que vão trazer todos os benefícios das plantas naturais, mas com uma manutenção muito baixa!

4. Misture estilos

 

 (Letícia Almeida/the spruce)

Nem tudo precisa combinar e ultra-coeso o tempo todo. Na verdade, tudo muito certinho pode diminuir a atmosfera acolhedora de uma casa. Mas, cuidado para não transformar sua casa na festa da uva. Apesar de parecer divertido, não se encaixa no Wabi-sabi!

Só não deixe de adicionar algo que você adora à sua casa, mesmo que não seja um encaixe perfeito esteticamente. Quando se trata de wabi-sabi, essa imperfeição é perfeita.

5. Essencial

 

 (Letícia Almeida/the spruce)

A essência do wabi-sabi é reduzir as posses ao mínimo, convidando apenas as coisas que trazem nostalgia, beleza, utilidade ou uma combinação de tudo isso para a casa. De novo, essa tendência não usa o minimalismo pelo minimalismo, mas visa apenas manter as coisas que são essenciais para um espírito calmo e feliz, uma abordagem que maximiza a alegria da vida cotidiana.

Ao contrário de um minimalismo obsessivo, que pode te fazer se livrar de um vaso de que gosta, mas que não se encaixa em sua estética, um seguidor de wabi-sabi fica com aquele vaso só porque isso traz felicidade.

*Via The Spruce

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.