15 sugestões da medicina ayurvédica para recarregar as energias

A medicina ayurvédica é uma tradição milenar indiana, cujos ensinamentos ajudam a enfrentar o dia a dia com mais bem-estar e energia

Por Reportagem: Raphaela de C. Mello - Edição: MdeMulher Atualizado em 15 dez 2016, 11h10 - Publicado em 12 jun 2012, 16h27
medicina1

O Oriente está repleto de tesouros milenares. Fontes de sabedoria que nos ensinam a harmonizar corpo, mente e espírito. A medicina ayurvédica é um deles. De origem indiana, essa tradição tem alta quilometragem. “Os primeiros textos históricos relativos à Ayurveda são datados de 5000 a 3500 a.C. e foram encontrados no Rig Veda e no Atharva Veda, dois dos quatro livros sagrados da Índia”, afirma a terapeuta ayurvédica Fabiana Branco Lara, de São Paulo.

A palavra “Ayurveda” significa ciência da longevidade ou conhecimento da vida. Trocando em miúdos, essa corrente nos auxilia a destrinchar o funcionamento do corpo e da mente para que possamos nos harmonizar como um todo, evitando assim o aparecimento de enfermidades. “Orientamos cada ser a se responsabilizar pela própria saúde. Somente com consciência podemos fazer as melhores escolhas no dia a dia para que a vida se torne harmônica e equilibrada”, resume Fabiana.

Descubra então qual é o seu dosha dentro da medicina ayurvédica e confira 15 sugestões para recarregar as energias:

– Faça o teste e conheça o seu biotipo

1. Exercícios

Vata: atividades físicas suaves.

Pitta: atividades físicas moderadas, sem competição.

Kapha: atividades físicas intensas.

 

2. Meditação

Vata: atividades de concentração, tais como trabalhos manuais (pintura, bordado e crochê) e leituras apaziguadoras. Deve utilizar os mantras: Shrim, Him, So Ham, Ram.

Pitta: atividades voltadas para objetivos nobres, como compaixão e perdão. Podem ser trabalhos voluntários ou qualquer outra iniciativa que envolva doação. Mantras sugeridos: Shrim, Ma, Sham.

Kapha: meditação ativa, ou seja, com movimento. Vale dançar ou caminhar prestando atenção na respiração e no corpo. Melhores mantras: Hum, Aim, Krim.

 

3. Natureza

Vata: evitar o vento e o frio e se cercar de belas paisagens. Tomar banho de sol sempre que puder.

Pitta: evitar o calor . Procurar paisagens com neve, frio e água.

Kapha: expor-se ao calor e também privilegiar caminhadas em locais secos e áridos que exijam agilidade e resistência física.

 

4. Alimentação

Vata: alimentos quentes e nutritivos divididos em várias pequenas porções ao longo do dia. O menu dever ser composto de sabores ácidos, doces e picantes. Sopas, cremes, raízes e vegetais cozidos caem muito bem.

Pitta: cardápio substancial à base de arroz, feijão e carnes, mas sem muitos condimentos ou temperos picantes. O ideal é que inclua os sabores doce, amargo e adstringente. Recomenda-se tomar muita água diariamente, além do uso de ervas refrescantes, como coentro, hortelã, erva-doce e hibisco.

Kapha: esse biotipo deve fazer jejuns periódicos e utilizar sabores picantes, amargos e adstringentes. Pode abusar de temperos e condimentos, como pimenta, canela, cravo, louro e gengibre.

medicina2
Continua após a publicidade

5. Atitudes

Vata: deve perseguir a estabilidade e a segurança.

Pitta: o ideal é exercitar a calma e a flexibilidade, além de promover o amor e a compaixão.

Kapha: procurar cultivar o desapego e batalhar por mudanças de hábito é uma boa alternativa.

 

6. Temperatura do banho

Vata: de aquecida para quente.

Pitta: fria ou morna.

Kapha: aquecida.

 

7. Massagens ou automassagens

Vata: com óleo quente de gergelim e movimentos lentos e firmes.

Pitta: com óleo de girassol (trocar por óleo de coco nos dias quentes), em movimentos firmes e de ritmo moderado.

Kapha: com sal grosso e óleo de canela e movimentos profundos e rápidos. Tome cuidado para não arranhar a pele com o sal.

 

Para todos os doshas

8. Acordar até as 8 da manhã e dormir no máximo às 10 da noite.

9. Tomar um copo de água morna com oito gotas de limão, diariamente, em jejum.

10. Beber pouquíssimo líquido durante as refeições. Meio copo, no máximo. Isso porque a presença de líquido no estômago atua como um solvente que enfraquece o poder digestivo das enzimas.

11. Lembrar todas as manhãs que um novo dia está começando e que tudo pode ser diferente, de acordo com suas escolhas.

12. Permanecer atento ao momento presente.

13. Comer apenas quando estiver com fome.

14. Não comer quando estiver com as emoções alteradas, como por exemplo, raiva, tristeza ou mágoa.

15. Espalhar boas notícias e ofertar amor para todas as pessoas.

 

Continua após a publicidade

Publicidade