Casa Created with Sketch.

Visite a Casa-Museu Ema Klabin sem quebrar a quarentena

Com ajuda da tecnologia, a instituição preparou novidades na programação para garantir entretenimento e cultura mesmo com o isolamento social

A quarentena está fazendo todo mundo repensar o modo com o qual as coisas funcionam e se readaptar à nova realidade. Pensando nisso a Casa-Museu Ema Klabin criou o #CasaMuseuEmCasa. O projeto é uma série de eventos interativos, rever exposições, aprender mais sobre arte e curtir boa música. E para participar basta acessar as redes sociais do museu (Instagram, Facebook, Twitter e YouTube). A programação está aberta para toda a família e você pode explorar visitando o site.

 (Ding Musa./Casa.com.br)

A série Jardim Imaginário é para os amantes de arte e nela você poderá rever a instalação “Controle Remoto” (foto) que faz uma reflexão sobre o papel exercido pela mídia. A obra instalada em 2016, no Jardim da Fundação Ema Klabin, era composta por 30 casinhas de passarinhos feitas de madeira, formando um conjunto habitacional. Dentro de cada casa, luzes e sons de vários programas de televisão. A obra dos artistas plásticos Gisela Motta e Leandro Lima, teve a curadoria de Gilberto Mariotti.

Já a Backdrop Graffiti  é para os que são cativados pelas arte das ruas e foi feito um vídeo de quando a série esteve em exposição na Casa-Museu Ema Klabin. Uma retrospectiva apresenta os primeiros quatro anos da série que pode ser vista na exposição virtual Fragmentos, com curadoria de Renê Foch, disponível no site do museu.

Por meio de uma narrativa, o vídeo permite uma interação entre espectador e os autores. “O Obra em Sua Casa convida o público a conhecer esses trabalhos, refletir, aguçar a percepção visual e descobrir novos significados. A cada semana apresentamos um conjunto de artistas. Cada um deles com sua linguagem, seus traços marcantes, personagens e poéticas”, explica Cristiane Alves, coordenadora do educativo da Casa-Museu Ema Klabin.

O educativo também preparou uma série de vídeos que narram os mitos, contos populares e histórias que se escondem por trás dos detalhes das peças da Coleção Ema Klabin (Mitologias da Coleção). A cada história, pais e filhos são convidados a criar uma ilustração e, se quiserem, marcar com a hashtag #CasaMuseuEmCasa para ser postada nas redes sociais da Casa-Museu Ema Klabin.

View this post on Instagram

Flavio Rodrigues (@flavioflamenco) no Violão e Ponto – O Clube do Violão Solo @violaoeponto Guitarrista flamenco hispano-brasileiro, estabeleceu-se em Madrid durante 18 anos, se tornando uma referência no panorama flamenco mundial. Em 2011, foi o máximo vencedor do Festival de Música de Madrid (FestMad), com 3 Prêmios: 1º Lugar – Categoria Flamenco / Raiz; 1º Lugar – Prêmio Revelação; Premio Especial "Guitar Hero" – concedido pelo público à Melhor Performance Ao Vivo. Nos seus 25 anos de carreira internacional, atuou em mais de 40 paises nos 5 continentes, junto às máximas estrelas do flamenco como Miguel Poveda, Antonio Canales, Chicuelo, Farruco, Rocio Molina, Rafael Amargo, Guadiana, Montse Cortes, Concha Jareño, Javier Latorre, Pitingo, Pastora Galvan, Jorge Pardo, etc. E de outros estilos, como Trilok Gurtu, Yamandú Costa, Yoshida Brothers, Nana Vasconcelos, Hossam Ramzy, etc. Finalmente, teve a honra de participar em festivais internacionais, tendo o seu nome vinculado junto a grandes mitos da música mundial, como Mark Knopfler, Deep Purple, Eric Clapton, Paco de Lucia, Duo Assad, David Russell, Leo Brouwer, Leny Kravitz, George Benson, etc. Em 2012 recebeu o Prêmio 100 Latinos da Fundación Fusionarte, junto à celebridades como Mario Vargas Llosa, Alfredo Di Stefano, etc. É convidado por Javier Latorre para ser diretor musical, compositor e primeiro guitarrista da Cia. Internacional Flamenconautas no espetáculo “Vamo Allá”, que contou com um elenco de 25 artistas provenientes de 14 países. O espetáculo teve sua estreia no Teatro Villamarta, dentro do prestigioso Festival Flamenco de Jerez de La Frontera – Espanha, 2018. Lançamento mundial de seu segundo disco solo, gravado na Espanha, titulado “Quintaesencia” (2019). Fotografia: Divulgação Registro de imagem e áudio: Flavio Rodrigues https://totalflamenco.com/

A post shared by Fundação Ema Klabin (@emaklabin) on

A música pode deixar mais leve o período de isolamento social. E quem gosta de boa música, poderá conferir no Canal do YouTube do Museu, todas as terças, às 17 horas, vídeos com músicas inéditas dos espetáculos realizados na Casa-Museu Ema Klabin em 2019, sempre trazendo curiosidades sobre as mesmas. Em julho, serão músicas do show do grupo Mental Abstrato.

E às quintas-feiras, dando continuidade à parceria com o projeto Violão e Ponto, acontecem apresentações inéditas gravadas por violonistas direto de suas residências. Já estão confirmadas as presenças de Flavio Rodrigues, que interpretará a música SP de La Frontera, de sua autoria. Além do músico Thiago Guarnieri, que apresenta Tico-tico no Fubá, de Zequinha de Abreu e Fantasia em Em , de sua autoria.

Além disso, é possível rever espetáculos completos que estão disponíveis no canal do YouTube da Casa-Museu, como: Grupo Octôctô (ritmos populares brasileiros e a música de câmara de concerto), Timbaloca (Banda de salsa que surgiu a partir de um grupo de estudos de Música Afro Latina), grupo Purahéi Trio (reúne canções e músicos da tríplice fronteira entre Paraguai, Argentina e Brasil).

Acesse as redes da Casa-Museu Ema Kablin: Instagram Facebook | Twitter | YouTube | Site

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.