Pinacoteca recebe mostra inédita do artista baiano Marepe

O conjunto de 30 obras apresenta referências do Recôncavo Baiano sob o olhar do artista

Por Catraca Livre Atualizado em 17 fev 2020, 15h57 - Publicado em 7 ago 2019, 10h00
Sem Título, 1995 / C-Impressão sobre papel / Performance na Praia de Ondina, Salvardor, BA, 1995 / 48 x 71.5 cm. Marcondes Dourado/Catraca Livre

O artista baiano Marepe ganha sua primeira exposição individual em terras paulistanas na Pina Estação! Com curadoria de Pedro Nery, curador do museu, a mostra intitulada de “Marepe: estranhamente comum” oferece uma visão abrangente de sua trajetória, iniciada na década de 1990.

Marepe em sua casa na Bahia. Yan Braz/Catraca Livre

O conjunto de 30 obras evoca poeticamente uma memória pessoal, que se entrelaça a sua cidade natal. Marepe (Marcos Reis Peixoto) nasceu na cidade de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano, em 1970.

A Mudança, 2005 / Madeira, metal, borracha, tela plástica e dobradiças / 210 x 360 x 140 cm. Pedro Motta/Cortesia Galerie Max Hetzler/Catraca Livre

Sua cidade fica situada ao leste da Baía de Todos os Santos e conecta o sertão ao mar. Isso a tornou um importante eixo por onde passam as mais diversas mercadorias, de materiais de construção a alimentos.

Periquitos, 2005 / Vidro acrílico, madeira, aço, motores elétricos
432 x 614 x 312,5 cm. Cortesia Galerie Max Hetzler / Divulgação/Catraca Livre

Para ler o conteúdo completo da Catraca Livre, clique aqui e programe sua visita!

Continua após a publicidade

Publicidade