Casa Created with Sketch.

Inês Schertel estreia sua primeira mostra individual em São Paulo

A artista gaúcha apresenta 31 peças, incluindo inéditas, feitas a partir da lã de ovelhas da sua fazenda no Rio Grande do Sul

Inês Schertel junto da instalação Gurias em sua primeira mostra individual, Slow Design, em Lisboa.

Inês Schertel junto da instalação Gurias em sua primeira mostra individual, Slow Design, em Lisboa. (Rui de Freitas/Inês Schertel/CASA CLAUDIA)

Pensar todo o ciclo, desde a produção da matéria-prima; contribuir para um modo de vida menos agressivo e oferecer o perene em vez do descartável. É assim que a jornalista e curadora Adélia Borges descreve o modo como o trabalho de Inês Schertel sintetiza importantes valores de nossa época.

A arquiteta e artista gaúcha, que já expôs solo em Lisboa, vai inaugurar nesta quinta-feira sua primeira mostra individual no Brasil. Batizada de Lanares, a exposição ocupará o amplo espaço da Galeria Bolsa de Arte, na Vila Madalena, São Paulo.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Adepta do slow design, Inês apresenta 31 peças – incluindo várias inéditas –, como bancos, cestos, luminárias e tapeçarias. Todas elas são confeccionadas com a lã das ovelhas de sua fazenda em São Francisco de Paula, na região dos Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul.  

 (Divulgação/Casa.com.br)

A mostra contempla ainda duas instalações: Gurias, com sete bonecas inspiradas nas primas da designer, e Querência, formada por 73 folhas, feitas à mão, uma a uma, em seu ateliê.

“Todo meu trabalho é artesanal e criado, produzido e montado no campo onde moro e mantenho, com meu marido e um rebanho de ovelhas”, diz Inês.

“Balaio Atucanado”.

“Balaio Atucanado”. (Divulgação/Casa.com.br)

É instintivamente que Inês explora o material, procurando usá-lo na forma mais bruta. “Assim, o agrupamento das fibras ganha força”, acredita. Quando existem cores nas peças, elas vêm da coloração natural da lã ou de pigmentos obtidos com plantas ou cascas de árvores da região.

“Barbicachos”.

“Barbicachos”. (Divulgação/Casa.com.br)

Aprendida na Ásia Central, a técnica usada pela artista é milenar e consiste em friccionar pacientemente as fibras que encolhem para dar lugar ao feltro. “Nos tempos atuais de escassez dos materiais, fascina-me poder dar novo uso a essa matéria-prima tão nobre e não mais necessária às ovelhas”, conta ela.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Lanares ficará em cartaz na galeria por exato um mês – até 7 de setembro.


Lanares, por Inês Schertel  

Onde?

Galeria Bolsa de Arte – Rua Mourato Coelho, 790, Vila Madalena, São Paulo.

Quando?

De 7 de agosto a 7 de setembro

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s