Casa Created with Sketch.

Pavilhão flutuante oferece espaço para reflexão em São Paulo

Localizada em São Paulo, a construção mostra que a arquitetura pode ocupar até mesmo um território imaterial

 (André Scarpa/Divulgação)

Assinado pelo escritório BRRO Arquitetos, o Pavilhão Flutuante se volta ao exterior para uma contemplação silenciosa. Localizada em um reservatório do estado de São Paulo, a estrutura minimalista de madeira ao ar livre introduz um plano de sombreamento de 80 m² sobre a água.

Sem limites muito nítidos, o projeto se entrega ao contexto natural com a continuação dos planos horizontais refletidos no horizonte espelhado.

Através do pavilhão, que flutua sobre a superfície difusa e reflexiva, o escritório teve como objetivo oferecer aos visitantes um local de reflexão e lazer com interrupção mínima da paisagem bucólica.

 (André Scarpa/Divulgação)

O pavilhão foi construído a partir de dois planos compostos apenas por um convés sob um telhado. Seu projeto surgiu para substituir um convés pré-existente, que se tornara insuficiente para acomodar as atividades de lazer dos visitantes do reservatório.

Em resposta a esses requisitos, a equipe introduziu um telhado mais amplo, composto por uma chapa de metal e apoiado por uma estrutura de madeira laminada e pré-fabricada.

 (André Scarpa/Divulgação)

Com esse método, os principais elementos arquitetônicos foram preparados em fábrica e montados no local – garantindo precisão, resistência e um rápido processo de construção.

Além disso, os elementos estruturais podem ser ajustados pelos ocupantes, conforme necessário, em resposta às condições climáticas. Por exemplo, persianas de madeira operáveis em uma estrutura metálica foram instaladas em cada extremidade do convés, a fim de controlar o vento e filtrar a luz do sol ao longo do dia.

 (André Scarpa/Divulgação)

“A arquitetura se mostra capaz de criar abrigo acima da água“, diz a equipe do BRRO Arquitetos. “Uma busca por ocupação em um território imaterial”.

Confira na galeria abaixo mais fotos do pavilhão:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.