Casa Created with Sketch.

A Sagrada Família recebe permissão para ser finalizada após 137 anos

Gaudí solicitou licença para construção da obra em 1885, mas nunca teve resposta. Agora, a prefeitura de Barcelona garantiu a permissão urbanística até 2026

 (Neale Clark/Divulgação)

Todo amante de arquitetura certamente conhece a emblemática obra de Antoni Gaudí em Barcelona: a basílica da Sagrada Família. Depois de 137 anos sendo construída de forma “ilegal”, a igreja ganhou, nesta sexta (7), uma licença de obras concedida pela prefeitura da cidade espanhola.

A obra de Gaudí começou a funcionar em 1882, mas sua solicitação para ser construída nunca foi aceita ou rejeitada, o que deixou o projeto em um limbo eterno – até agora. Sua construção ainda precisa ser finalizada e agora, finalmente, estará dentro da lei.

A prefeitura de Barcelona garantiu a permissão urbanística para construção até 2026, com uma altura máxima de 172 metros e um orçamento de 374 milhões de euros.

 (Divulgação/Casa.com.br)

A medida, entretanto, não veio sem polêmicas: a Sagrada Família deve 36 milhões de euros pelo tempo em que manteve a construção fora da lei. A cidade de Barcelona se comprometeu a pagar 4,6 milhões de euros como parte de um acordo com uma fundação comprometida com a conclusão e preservação da basílica.

Todos os anos, mais de 4,5 milhões de visitantes pagam entre 17 e 38 euros para visitar a basílica, cujo arquiteto pretendia construir 12 torres sineiras, para coincidir com o número de discípulos de Cristo. Se apenas uma dessas torres for concluída, ela fará da igreja “a estrutura religiosa mais alta da Europa”, a 172 metros de altura.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Apenas um dos famosos projetos do arquiteto catalão, criador também da Casa Batlló e do Park Güell, a Sagrada Família foi declarada Patrimônio Mundial da Unesco em 2005.

O projeto de Gaudí se iniciou depois do arquiteto Francisco de Paula del Villar se demitir em 1883, apenas um ano após o início da construção. Ele combinou, então, arquitetura gótica e Art Nouveau por seu projeto da igreja, e continuou a trabalhar em sua criação até a morte em 1926, quando foi enterrado na cripta.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s