Ultra violet: 2 projetos e uma galeria de produtos no tom

O Pantone Color Institute já se pronunciou: o matiz (ref. 18-3838) roxo com bases azuladas, representa o elo que nos conectará com o cenário contemporâneo

Por Liège Copstein Atualizado em 9 set 2021, 11h41 - Publicado em 15 fev 2018, 14h48

Oráculo moderno, o instituto americano Pantone decreta anualmente o tom do momento depois de sintonizar suas antenas em direção aos anseios coletivos. Resultado para 2018: o mundo pede a profundidade e o drama do violeta denso, atmosfera a um só tempo mágica e levemente decadente já descoberta no passado por ícones da contracultura, como David Bowie (1947-2016).

Elemento intruso: no centro histórico de Roma, o apartamento da Via dei Volsci foi repaginado pela imobiliária One Fine Stay para locações. Parte do charme são as pinceladas contemporâneas, como a escada de ferro que leva ao terraço. Divulgação/Divulgação

Leia também: 24 portas incríveis para inspirar a reforma

Mas a proposta é um salto no desconhecido, explica a expert Leatrice Eiseman: “Historicamente, essa é uma tonalidade ligada ao místico, que oferece um tipo de refúgio àqueles perturbados pelo mundo sobrecarregado de estímulos. Vivemos um tempo que exige inventividade e imaginação. Seja explorando novas tecnologias, seja mergulhando na criatividade e na espiritualidade, o Ultra Violet ilumina o caminho por vir…”. Mas o tom traz também uma qualidade mundana, uma celebração borbulhante como o escorrer do vinho novo. Que tal um brinde ao Universo?

Continua após a publicidade

Publicidade