Stefano Boeri vai construir a primeira floresta vertical da Ásia

O projeto grandioso abrigará um total de 1.100 árvores de espécies locais e aproximadamente 2.500 arbustos e outras plantas

Por Da redação Atualizado em 9 set 2021, 13h23 - Publicado em 13 fev 2017, 13h45

A obra ganhou o nome de Nanjing Green Towers, e será erguida na capital da província de Jiangsu, na China. A proposta de Boeri é construir duas torres, a mais alta com 200 metros – que será coroada com um clube noturno em seu rooftop. Os outros andares receberão escritórios, um museu e uma escola de “arquitetura verde”. Enquanto isso, a torre menor abrigará um hotel Hyatt e uma piscina na cobertura. Estima-se que as construções ajudarão a regenerar a biodiversidade local, absorvendo cerca de 35 toneladas de CO2 por ano e, ao mesmo tempo, produzirão 60kg de oxigênio por dia.

O arquiteto italiano já havia construído outros dois prédios desse tipo em Milão, na Itália, conhecidos como Bosco Verticale. A conclusão do projeto em Naijing está prevista para 2018, e tem a intenção de ajudar a desenvolver o distrito onde será erguido.

 

Continua após a publicidade

Publicidade