Refúgio de 161 m² na Coreia do Sul fez de sua cobertura um mirante

Entre montanhas e campos de arroz, a casa se fundiu a paisagem e ganhou uma bela vista

Por Texto: Silvia Gomez Atualizado em 9 set 2021, 13h13 - Publicado em 22 mar 2017, 10h45

Sem querer incomodar a paisagem do terreno de 658 m² situado no vilarejo de Jipyeong-myeon, o projeto do escritório sul-coreano BCHO Architects se aproveita de uma encosta íngreme para imiscuir-se na topografia, ficando parcialmente embutido no solo. “Com isso, minimizamos a escavação de terra”, explica Jiyoon Park, integrante do estúdio. Com estrutura de concreto, a casa utiliza o telhado inclinado como um terraço. Ali, recortes oferecem áreas de lazer e contemplação da vista – a do meio foi pensada como um pátio com jardim, deixando vazar luz natural e ventilação para o interior, embaixo, onde os ambientes surgem integrados, setorizados por pequenos desníveis na planta.

Publicidade