Horta na garagem: a entrada desta casa é reservada às verduras

Em vez de um carro, o acesso à morada abriga especiarias e hortaliças

Por Silvia Gomez Atualizado em 9 set 2021, 12h30 - Publicado em 22 set 2017, 13h17

A residência do casal de arquitetos Clara Reynaldo (CR2 Arquitetura) e Lourenço Gimenes (FGMF Arquitetos) tem a garagem aberta.

“Achamos mais segura uma arquitetura permeável do que com muros fechados”, diz Clara. Com o carro sempre estacionado na rua, a área de 2,70 x 5 m era destinada à moto de Lourenço.

Visão da cozinha: logo na entrada da casa insinua-se a hortinha contígua. Na parede lateral, plantas trepadeiras e ladrilhos  hidráulicos de 20 x 20 cm com desenho assinado por Fabio Flaks (execução da Rochbeton). Divulgação/Fran Parente

“Começou a incomodar ver aquele espaço grande ocupado apenas por ela. Por isso, a ideia de uma horta, já que a cozinha fica logo à frente, na entrada.”

Leia também: 10 cozinhas americanas práticas e organizadas

O piso alterna o deck de cumaru de 0,90 x 5 m com placas permeáveis de concreto (Pisograma, da Tecnopisos Brasil), no meio das quais crescem as plantas. Divulgação/Fran Parente

À disposição de quem passa, a pequena plantação organizada nas laterais pela paisagista Gabriella Ornaghi se dá em módulos vazados de concreto, os mesmos por onde cresce a grama, no centro. Um deck faz a transição entre a calçada e o interior, separado pela porta de painel melamínico preto.

Continua após a publicidade

Publicidade