Fotografias exibem contrastes na arquitetura de São Paulo

Ensaio é resultado de um workshop gratuito e aberto à comunidade

Por Marília Medrado Atualizado em 9 set 2021, 12h23 - Publicado em 9 nov 2017, 18h55

Com um câmera na mão e a arquitetura em foco, doze alunos registraram a paisagem da cidade de São Paulo. Frutos da oficina Franz Heep: registro no centro e revelação na periferia, os cliques renderam um ensaio com curadoria da fotógrafa Ana Mello, também responsável por ministrar as aulas.

Sede da Fecomercio. Divulgação/Josemara Tourinho

Promovida pela Fundação Stickel e com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo, a oficina gratuita e aberta à comunidade aconteceu entre agosto e outubro deste ano, com 13 encontros no total.

As fotos exibem desde projetos icônicos da metrópole, como a Praça do Patriarca, de Paulo Mendes da Rocha, até as pequenas construções e vielas de bairros distantes do centro.

Praça do Patriarca, no centro de São Paulo. Divulgação

“Durante o curso tratamos das diferentes formas de representar a fotografia de arquitetura e a importância dela na compreensão da vida das pessoas. Por isso a ideia de que os registros não acontecessem apenas no centro, mas em todas as regiões onde os alunos vivem e transitam”, afirma Ana Mello.

A arquitetura na periferia, por Janaina Mara Teixeira Nunes. Divulgação/Janaina Mara Teixeira Nunes
Continua após a publicidade

 

Edifício Wilton Paes de Almeida, de Roger Zmekhol, hoje ocupado, no centro da cidade. Divulgação/Yanca de Almeida Silva

 

Por Mariana Alves Montoia. Divulgação/Mariana Alves Montoia

Praça das Artes, do Brasil Arquitetura. Divulgação/Diego Rodrigo Porto
Por Sandra Pierzchalski. Divulgação/Sandra Pierzchalski

Continua após a publicidade

Publicidade