Duas soluções espertas fazem microcasa parecer maior

A vista e a verticalidade garantem sensação de amplitude ao espaço enxuto

Por Silvia Gomez Atualizado em 9 set 2021, 12h22 - Publicado em 14 nov 2017, 19h52

A típica casinha na árvore inspirou este projeto situado numa das cidades mais densas do planeta – Hong Kong, na China.

Caixa suspensa: de frente, o volume do quarto compõe a decoração, figurando como um painel de madeira esculpida. O acesso é pela escada delgada, feita do mesmo material. Divulgação/Dennis Lo (Dennis Lo Designs)

A morada original, de 34 metros quadrados, foi reformada pelo escritório NC Design & Architecture (NCDA) de modo a tirar vantagem do visual do entorno, que conta com uma pequena floresta urbana. Essa paisagem se faz presente o tempo todo no interior graças aos janelões de vidro, painéis que ajudam a dar sensação de amplitude.

A paleta buscou diálogo com a paisagem lá fora, tingindo de azul profundo as paredes do estar e do jantar. Elas criam uma espécie de moldura visual em contraste com o verde das árvores olhadas de cima. Divulgação/Dennis Lo (Dennis Lo Designs)

Outra maneira encontrada pelos arquitetos de aproveitar centímetros: remover a única parede interna existente, criando um plano aberto no térreo, onde ficam as áreas de estar, jantar e cozinha.

Continua após a publicidade

Na reforma, o quarto entrou como um volume suspenso, à parte. Inteiramente revestido de pínus, esse mezanino tem altura de 1,20 m, o suficiente para uma pessoa ficar sentada com conforto. Divulgação/Dennis Lo (Dennis Lo Designs)

“A solução foi explorar o volume do espaço, por isso construímos o mezanino para o quarto, o qual agora ocupa parte do pé-direito de 3 metros”, diz Nelson Chow, nome à frente do escritório.

 

 

Divulgação/Dennis Lo (Dennis Lo Designs)
Continua após a publicidade

Publicidade