Artista italiano cria “azulejos surreais” baseado nos tradicionais modelos portugueses

Os Surrealejos, de Luca Colapietro, têm conquistado espaço com sua leitura descolada

Por Texto: Lara Muniz Atualizado em 9 set 2021, 13h12 - Publicado em 24 mar 2017, 16h14

Apaixonado por Lisboa após algumas visitas, Luca Colapietro não demorou muito a deixar de lado a direção de arte numa agência de publicidade em Milão para incorporar o Rio Tejo à sua vizinhança. Descobrir a portinha de seu ateliê na Calçada de Santo André é a recompensa para quem decide subir a pé a ladeira que leva ao Castelo de São Jorge. Ali, a tradição portuguesa da azulejaria ganha leituras descoladas.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

(Foto: Divulgação)

Continua após a publicidade

De que modo surgiu a Surrealejos? 

Continua após a publicidade

Quando me mudei para Lisboa, há três anos, me impressionei ao ver tantos azulejos em prédios, igrejas, restaurantes… Uma noite, sonhei que elementos geométricos e animais se misturavam aos padrões. Ao acordar, decidi trazer as visões à realidade.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

(Foto: Divulgação)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Como funciona seu processo de criação? 

Continua após a publicidade

Pesquiso as imagens em revistas antigas ou pela cidade. Faço uma colagem e depois digitalizo o design das peças. Há modelos para dentro ou fora da casa, além de trabalhos sob medida.

Continua após a publicidade

Veja mais modelos na galeria a abaixo.

Continua após a publicidade

Publicidade