Amanda Levete ganha prêmio que celebra mulheres na arquitetura

A premiação anual também já foi concedida a Denise Scott Brown e Zaha Hadid

Por Gabriela de Sanctis Atualizado em 9 set 2021, 11h47 - Publicado em 7 fev 2018, 10h43

Diretora do escritório AL_A, a arquiteta britânica Amanda Levete foi laureada com o conceituado prêmio Jane Drew, reconhecimento vitalicio que celebra anualmente a participação e contribuição para o pregresso de mulheres na arquitetura.

Vencedora de diversas outras premiações, entre elas o Stirling Prize (1999) – destinado aos profissionais que contribuem com a evolução da arquitetura -, Levete foi escolhida pelo Architects Journal (AJ) e pelo The Achitectura Review, que reconhecem aqueles que levantam o perfil das mulheres na arquitetura. “Jane Drew foi uma pioneira e liderou o caminho para todos nós, por isso, receber um prêmio em seu nome é uma grande honra – particularmente, depois de vencedoras anteriores como Zaha Hadid e Denise Scott Brown”, disse a arquiteta ao Dezeen.

Leia também: iF design awards premia profissionais brasileiros

Seu mais recente projeto é a nova entrada do V&A Museum, em Londres, que recebeu investimento de £ 54,5 milhões para criar um salão subterrâneo sob um pátio revestido com azulejos de porcelana.

V&A Museum Hufton Crow/Divulgação
Continua após a publicidade

Publicidade