Minha Casa Renovada: banheiro em Jundiaí reformado com R$ 5mil

Banheiro em ordem, claro e na moda! Com acabamentos atuais, o ambiente de 4 m² parece até ter crescido, para a alegria dos donos da casa em Jundiaí, SP, o casal Carla e Murilo que foram os felizardos da seção Minha Casa Renovada da edição de Julho da revista MINHA CASA.

Por Texto Lara Muniz Reportagem Visual Michelle Grein Fotos Marcos Lima Preços consultados em junho de 2010 Atualizado em 14 dez 2016, 12h22 - Publicado em 17 jun 2010, 17h36
Um título para uma foto sem titulo

Depois de uma experiência traumática em uma pequena reforma, a revendedora Carla Renata e o professor Murilo de Paula não sabiam ao certo como proceder em uma nova tentativa de atualizar seu sobrado, herança de família. “Perdemos material e tivemos gastos com mão de obra até descobrir que o profissional indicado não era pedreiro de verdade”, lembra Carla. Trauma superado, entraram em cena as equipes da revista MINHA CASA e do escritório Carla Dadazio Arquitetura e Paisagismo, que propuseram uma ambientação clean, adequada a todas as necessidades dos moradores. “A troca dos revestimentos foi o primeiro pedido. Na sequência, vimos que era preciso delimitar espaços no ambiente”, conta Carla Dadazio, que contou com a ajuda da decoradora Magali Montoro no projeto. Felizes com o resultado, Murilo e Carla já pensam em reformar o restante do imóvel. Vem novidade por aí! Abaixo, assista ao vídeo sobre a reforma, saiba quanto custou cada item da obra e conheça o programa de crédito João-de-Barro. Reveja ainda o quarto e a cozinha que mudaram depois de passar pelo Concurso Cultural Minha Casa Renovada.

A arquiteta Carla Dadazio não alterou a planta, mas melhorou a circulação ... O casal quis gavetas e nicho com porta para organizar os itens no armário. “Nós adoramos! Depois desse resultado, até nos animamos a reformar o resta...

Soluções inteligentes

Há 17 anos em uso, os acabamentos estavam totalmente desatualizados. Agora, em vez de cinza e bege, os revestimentos cerâmicos são brancos. Uma cuba de apoio, acompanhada de uma torneira alta, substituiu a pia embutida. Note que o modelo arrojado, colocado sobre a bancada de mármore branco, é o mesmo usado na Casa Cor São Paulo 2010 (pág. 89) – superatual! Além disso, sai o armário superior, entra um espelho em L que traz profundidade ao ambiente, dá a impressão de que ele é maior e ainda reforça a luminosidade natural.No armário atual, há um nicho para roupas sujas, o que dispensou um elemento a mais no espaço. E o boxe de vidro delimita a área de banho e protege o armário da umidade direta, aumentando sua vida útil.

Um título para uma foto sem titulo

Obra mais rápida

Uma mescla de pastilhas cerâmicas em tons de verde e vermelho se destaca em meio às paredes brancas, onde as placas de formato grande (49 x 31 cm) foram assentadas na horizontal, fazendo o espaço parecer maior. Os pontos hidráulicos foram mantidos nos mesmos lugares, enquanto o piso novo só cobriu o antigo, detalhes que agilizaram a obra.

 

 

Tudo por R$ 4972 – saiba quanto custou cada peça

Armário New10 x R$ 100 (New Móveis Jundiaí)

Bancada de mármorePedras e Polimentos, R$ 234

Cuba de apoio Modelo L1036(39 x 19 cm) da Deca. Telhanorte, R$ 258,90

Torneira de mesaPeça com bica alta da linha Link, da Deca. Telhanorte, R$ 148,90

Acabamentos de registro Duas unidades da Deca. Telhanorte, R$ 50

Piso cerâmico

6,30 m² do modelo ref. 31080 (41,5 x 41,5 cm), da Incefra. C&C, R$ 81,27

Revestimento de parede

Continua após a publicidade

20 m² do modelo ref. 31070 (31 x 49 cm), da Incefra. C&C, R$ 238

Pastilhas cerâmicas

Mescla verde e vermelha, da Atlas. MM Revestimento, R$ 168,15

Boxe de canto

Com vidro incolor. Glass Vision, R$ 525

Bacia

Com caixa acoplada Aspen Dualflux, da Deca. Telhanorte, R$ 189,99

Assento

Da Deca. Telhanorte, R$ 30,99

Papeleira e porta-toalha

Da linha Flex. Deca, R$ 55,23 e R$ 71,48*

Espelhos

Divinal, R$ 180,99

Diversos

R$ 38,60

Mão de obra

Sr. Geraldo (demolição e acabamento) R$ 1 700

Crédito para reformar – conheça o programa João-de-Barro

O Programa João-de-Barro é destinado a quem necessita de crédito para reformas de imóveis residenciais. O valor mínimo é de R$ 500 e o máximo será avaliado pelo Bradesco de acordo com o histórico do correntista. Hoje, regiões de 18 estados brasileiros já oferecem esse tipo de crédito, mas a ampliação do programa promete continuar. Para solicitar o empréstimo, é preciso levar um orçamento de compra de material de construção realizado em uma das lojas conveniadas até uma agência do banco para que seja feita a análise. Se aprovado, o banco emite uma autorização de compra. Com tudo acertado, o valor do financiamento é creditado na conta corrente da loja conveniada. O pagamento do empréstimo seguirá o calendário estipulado no contrato. Depois, é só colocar a mão na massa, literalmente.

Continua após a publicidade

Publicidade