Casa Created with Sketch.

Marina Carvalho idealiza cozinha preta e branca com lustres coloridos

Espírito inquieto e curioso de Marina Carvalho é o que a conduz na busca de soluções para seus projetos. Em todos, fica sua marca registrada: o uso acertado das cores

00-marina-carvalho-idealiza-cozinha-preto-e-branco-com-lustres-coloridos

 (/)

A arquiteta paulista Marina Carvalho costuma dizer que, em seus projetos, personalidade e simplicidade caminham lado a lado. A profissional, avessa à ideia de se restringir a um único estilo e entusiasta da utilização criativa de materiais, destaca-se também pela mestria na distribuição dos ambientes – até o mais exíguo deles cresce por suas mãos. Como toque final, a afinada aplicação de matizes entrega: Marina não é de descartar opções de combinação, ainda que isso aconteça só em detalhes, como na cozinha abaixo.

01-marina-carvalho-idealiza-cozinha-preto-e-branco-com-lustres-coloridos

 (/)

(1) Os pendentes vermelho (ref. TY-12-14/1) e azul (ref. TY-18-15/1) saem por R$ 150 cada um.  Ambos são de alumínio, da Futura Iluminação.

(2) Eleito para a porta do armário (executado pela Favorita), o vidro preto serigrafado (6 mm) da divinal Vidros custa R$ 270 o m².

(3) Com superfície polida, o porcelanato Onix (Portinari, coleção Colori) mede 60 x 60 cm e vale R$ 150 o m².

(4) Brilhante e com bordas bisotadas, o azulejo Forma, da Eliane, tem 33,5 x 45 cm. Na cor branca, sai por R$ 35,07 o m².

(5) O esmalte sintético fosco (Suvinil, ref. preto) está à venda por R$ 66 (galão de 3,6 litros), na Tintas MC.

02-marina-carvalho-idealiza-cozinha-preto-e-branco-com-lustres-coloridos

 (/)

 

(1) Coloridos, os pendentes de alumínio possuem design exclusivo: foram executados pela Todeschini Iluminação para conferir um quê descolado à cozinha.

(2) Os armários planejados otimizam a área de 14 m². Nichos sob medida abrigam forno elétrico e micro-ondas.

(3) O porcelanato escuro escolhido para o piso, somado à parede na mesma tonalidade, cria um fundo infinito e amplia visualmente o ambiente estreito e comprido.

(4) Pensando em quebrar a sobriedade do tom predominante, a arquiteta elegeu um prático azulejo branco para as paredes. A ausência de rodapé traz a sensação de pé-direito maior.

(5) Tingida de preto com tinta esmalte fosca, esta superfície não só dá profundidade ao espaço como também faz as vezes de painel de recados.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s