Geladeira preta: vale tudo para deixá-la à mostra na cozinha

Foi a geladeira moderninha que ditou o visual que a área de 5 m², compartilhada por cozinha e lavanderia, conquistaria com a reforma.

Por Fotos Alessandra Okazaki (PR) Atualizado em 14 dez 2016, 12h05 - Publicado em 18 out 2012, 13h59
03-geladeira-preta-reforma-cozinha

Namoramos há 11 anos e recebemos nosso apartamento no ano passado. A poupança que tínhamos iria para a festa de casamento ou para a reforma do apê. Ficamos com a segunda alternativa e nos dedicamos à transformação da cozinha. Para isso, contratamos os serviços de um escritório, o Sheila Jesus Interiores. As decoradoras de lá conseguiram captar nossas ideias e fizeram um projeto coerente com minha única exigência: incluir uma geladeira preta.

Tudo foi planejado em função dela. Desde a primeira vez que vi um refrigerador dessa cor, sabia que não gostaria de mais nenhum outro. Eu queria um espaço moderno, prático e com visual limpo, por isso escolhemos a harmonia de branco e preto. Finalizada a obra e adquiridos os eletrodomésticos, nossas reservas se acabaram, mas estamos superfelizes com nosso ambiente. Parece que saiu de uma novela!”. Stella Siqueira Campos, tecnologa em radiologia

 

Continua após a publicidade

*Preços pesquisados entre 8 e 11 de outubro de 2012, sujeitos a alteração.

Truques para ampliar o espaço

 

Continua após a publicidade

Além da geladeira, Stella já tinha resolvido usar pastilhas no local. “A ideia era que fossem coloridas, mas, quando vimos na loja um painel com peças transparentes e perolizadas, achamos que seriam perfeitas.”

 

Continua após a publicidade

Os moradores contrataram um azulejista para assentar o revestimento e uma marcenaria para confeccionar os armários. “Escolhemos esses prestadores de serviço pela internet. Nenhum conhecido queria dar indicações, pois já haviam se decepcionado com seus fornecedores”, diz Stella. “Ficamos muito satisfeitos com o trabalho.”

 

Continua após a publicidade

Pelo site internacional LightInTheBox.com , o casal trouxe da China a torneira com extensor. “Economizamos mais ou menos 70%”, revela a moradora. O modelo saiu por R$ 206,52 (mais frete de R$ 91,67), enquanto um similar custa a partir de R$ 1 200 no Brasil. Como a compra não inclui impostos, corre-se o risco de o produto ser tributado ao entrar no país – e aí é preciso pagar 60% do valor da nota fiscal para liberá-lo.

 

Continua após a publicidade

Os detalhes da cozinha foram definidos com base na área reduzida. “A meia cuba ao lado da principal faz as vezes de escorredor de louças e vegetais”, diz a moça. O microondas sob o cooktop tem dupla função: também é forno elétrico.

 

Continua após a publicidade

Na lavanderia, optou-se por uma lava e seca, já que o regulamento do condomínio proíbe varais de teto, a fim de preservar o visual da fachada.

 

Continua após a publicidade

Acima da máquina há um armário para produtos de limpeza. “O móvel ficou ótimo, pois ainda encaixamos uma escada lá dentro”, avalia Stella.

Continua após a publicidade

Publicidade