Decoração na Coreia do Norte lembra cenários de filmes de Wes Anderson

O fotógrafo Oliver Wainwright registrou os interiores de prédios na Coreia do Norte em um tumblr e eles parecem cenários de filmes Wes Anderson. Quem diria? Confira as fotos abaixo

Por Vania Toffoli Atualizado em 14 dez 2016, 11h51 - Publicado em 16 nov 2015, 17h39
01-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson

Após uma viagem à Coreia do Norte, o fotógrafo e escritor Oliver Wainwright foi completamente arrebatado pelo uso meticuloso da simetria, encaixes da era soviética e cores em tom pastel da decoração norte coreana. Tanto que ele criou o tumblr North Corean Interiors para registrar esses ambientes.

02-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson 03-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson

Vocês conseguem notar alguma similaridade aqui? Não lembra MUITO o estilo “Jardim de Infância Kitsch”, que mistura o universo infantil e um toque sinistro, tão característico dos filmes de Wes Anderson?

04-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson

Os móveis em cor de algodão-doce e o uso exagerado de objetos retrô transformam os ambientes em um cenário de “sonho em tom pastel” com muito potencial para o próximo filme de Anderson. Aqui tem um vídeo para identificar as semelhanças:

Continua após a publicidade

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=fYLpm7tEZiY%5D

Será Kim Jong-un obcecado pelo cineasta? Será que Wes Anderson plagiou o design da Coreia do Norte? Em um artigo para o The Guardian, Wainwright comentou que “não existe uma justificativa para o uso das cores infantis. É uma sinfonia de tons pastel gelados e objetos de plástico com design retrô. O jardim de infância kitsch projeta a imagem de prosperidade e despreocupação. É a arquitetura como um anestésico, uma ferramenta poderosa para o Estado infantilizar o povo”.

05-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson

Naturalmente, dentro dessa miragem doce de Pyongyang, Wainwright observa, “é só quando deixamos a cidade que fica claro que a imagem de prosperidade e alegria é uma ilusão”.

06-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson

Aparentemente, o líder/ditador tem um quê de Monsieur Gustave, de O Grande Hotel Budapeste, e tenta recriar a fantasia de um mundo que desapareceu antes mesmo dele nascer.

07-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson 08-decoracao-na-coreia-do-norte-lembra-cenarios-dos-filmes-de-wes-anderson
Continua após a publicidade

Publicidade