Com janelões de vidro, cozinha gourmet fica mais arejada e convidativa

O jardim fica visível por conta das janelas de vidro.

Por Reportagem: Deborah Apsan (visual) e Lara Muniz (texto) Atualizado em 19 jan 2017, 13h50 - Publicado em 18 dez 2011, 20h53
aec295-44-purolazer1

Receber os amigos para ver TV e saborear um belo almoço junto ao jardim – agora os donos desta casa em São Paulo contam com o cenário ideal para isso. A arquiteta Deborah Roig substituiu as paredes por esquadrias pivotantes de vidro, que deixam cozinha e home theater claros e ventilados. Ela também investiu no piso cimentício (Solarium) e no painel de vidro recortado (a TV giratória serve aos dois espaços) para favorecer a unidade visual. Lá fora, o muro de pedras moledo (Pedras Bellas Artes) e o deck marcam o paisagismo. “Bicas vertem água sobre bolas de cimento, fazendo um barulhinho relaxante”, detalha Deborah. Na cozinha, a marcenaria tem ilha com cooktop na bancada de Marmoglass (Santorini Mármores).

aec295-44-purolazer2

Outras sugestões de materiais para a bancada

Abaixo à esquerda: em torno de 13% do Corian (DuPont) suede é de materiais reciclados. O m² (12 mm de espessura) sai por cerca de R$ 1 800, na Di Mármore. Há outras 15 opções de cor para a lâmina porcelânica The Size, da Alicante. O m² instalado da mela (5 mm de espessura) vale R$ 990 (abaixo ao centro). Com porosidade praticamente nula, a superfície de quartzo da Silestone na cor doradus (espessura de 20 mm) custa a partir de R$ 1 200 o m² (abaixo à direita).

aec295-44-purolazer3
Continua após a publicidade
Publicidade